PUBLICIDADE
Topo

Após "apagão", Facebook assina acordo e pagará por notícias da News Corp

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Guilherme Tagiaroli

De Tilt, em São Paulo

16/03/2021 16h12Atualizada em 16/03/2021 19h38

Algumas semanas após a Austrália aprovar uma lei para que plataformas de internet paguem empresas de mídia pelos seus conteúdos, o Facebook assinou nesta terça-feira (16) um acordo para remunerar a News Corp, grupo de mídia local e um dos maiores do mundo, pelos conteúdos que aparecem na aba de notícias da rede social.

Os valores envolvidos não foram revelados, mas o contrato é de três anos e vale apenas para títulos da News Corp na Austrália, como o "The Australian", "Daily Telegraph", de Sydney, o "Herald Sun", de Melbourne e o canal "Sky News Austrália". Fora do país, o grupo é dono de jornais como "Wall Street Journal" e "Financial Times".

No mês passado, o Facebook reagiu aos avanços do governo australiano em favor da lei de mídia promovendo um "apagão" de links jornalísticos no país por quase uma semana —o que causou danos aos serviços de saúde e emergência em meio à pandemia. Em negociação com o governo, a lei foi flexibilizada e o Facebook suspendeu o bloqueio.

Google também não gostou

Facebook e Google resistiram às cláusulas que os obrigavam a remunerar a mídia local por exibir notícias australianas no feed e no resultado das buscas. Ambas cederam. Em fevereiro, o Google também fez acordo na mesma linha com a News Corp.

A solução do Facebook é semelhante à do Google: pagará para alguns veículos para que conteúdos seus apareçam numa aba de notícias dentro da rede social conhecida como Facebook News. A empresa de Mark Zuckerberg promete que em algum momento o serviço virá para o Brasil.

O Google negociou acordos de licença de milhões de dólares por seu produto Showcase (Destaques) com uma série de empresas australianas, entre elas a News Corp e outro grande conglomerado do país, a Nine Entertainment.

Robert Thomson, diretor geral da News Corp, afirmou em um comunicado que o acordo do grupo com o Facebook é um "acontecimento importante e terá um grande impacto em nossas empresas de imprensa australianas".

Andrew Hunter, diretor do Facebook para os acordos com a imprensa na Austrália e Nova Zelândia, confirmou a parceria e declarou que o grupo se "comprometeu a fornecer o Facebook News à Austrália". (Com agência AFP)