PUBLICIDADE
Topo

Um sonho? Tecnologia da Xiaomi promete carregar smartphone "pelo ar"

Mi Air Charge, tecnologia de carregamento sem fio anunciada pela Xiaomi  - Divulgação
Mi Air Charge, tecnologia de carregamento sem fio anunciada pela Xiaomi Imagem: Divulgação

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

29/01/2021 14h28

A Mi Air Charge é uma nova tecnologia anunciada pela Xiaomi nesta sexta-feira (29) para recarregar um celular remotamente, sem que ele esteja sequer encostado em uma base —ou seja, tudo sem fio.

Para quem não sabe, a atual forma de carregar um celular sem o método tradicional —plugar um cabo em uma entrada de dados USB do aparelho— é deixá-lo repousando sobre uma base de indução elétrica, instalada em algum móvel.

Veja o vídeo de apresentação:

O funcionamento desta tecnologia —que, se der certo, poderá ser revolucionária— se baseia no posicionamento espacial dos aparelhos e na transmissão de energia.

A gigante chinesa desenvolveu um hub carregador com cinco antenas receptoras integradas, que podem detectar com precisão a localização do smartphone, e 144 antenas transmissoras, que emitem feixes de ondas milimétricas de alta frequência diretamente para o celular.

No telefone, outras 14 antenas convertem o sinal em energia elétrica, por meio de um circuito retificador. O aparelho também precisa ser compatível com a tecnologia. O processo não sofre interferência nem perde eficiência com obstáculos físicos.

Ou seja: se você tiver o hub em sua sala, ele estará constantemente carregando o celular, sem que você faça nada e sem prejudicar o seu uso.

Por enquanto, a tecnologia oferece carregamento remoto de apenas 5W de energia, para um único smartphone em um raio de alguns metros. Múltiplos aparelhos podem ser carregados simultaneamente.

Em um futuro próximo, o sistema deve ser expandido para smartwatches, smartbands e outros wearables. Depois, será a vez dos itens de casa inteligente, como caixas de som e luminárias.

A tecnologia Mi Air Charge está em fase de testes, incluindo os de saúde para o consumidor, e a Xiaomi não revelou previsões de lançamento.

Carregador rápido de 120W da Xiaomi - Divulgação - Divulgação
Carregador rápido de 120W da Xiaomi
Imagem: Divulgação

Novo carregador 120W

Para quem ainda é adepto dos fios e gosta de carregamento ultra rápido, a Xiaomi tem outra novidade. A segunda geração do carregador de 120W promete bateria cheia em meros 23 minutos —considerando o Mi 10 Ultra e seus 4.500 mA— e pode ser usado em notebooks.

Em apenas cinco minutos, o sistema de carga rápida já entrega 41% de bateria do mesmo smartphone. A diferença para a geração anterior são dez mecanismos inteligentes de segurança e proteção e um novo chip, compatível não apenas com os principais celulares, mas também com laptops e outros eletrônicos.

O produto já está disponível na loja oficial chinesa por 249 yuans (cerca de R$ 220 na cotação de hoje). É o carregador de celular mais potente no mercado, mas ainda não há previsão de chegada oficial ao Brasil —o país não recebeu a primeira geração do modelo.