PUBLICIDADE
Topo

De novo! Números de celulares do WhatsApp voltam a aparecer no Google

iStock/Getty
Imagem: iStock/Getty

Nicole D'Almeida

Colaboração para Tilt

19/01/2021 17h55Atualizada em 22/01/2021 13h46

Alguns dias após divulgar sua nova política de privacidade na qual desagradou muitos, o WhatsApp se encontra em uma nova polêmica. O pesquisador de segurança Rajshekhar Rajaharia descobriu que o mensageiro tem exposto o número de celular de milhares de usuários no Google.

A falha ocorre na versão web do aplicativo e permite que os números de celulares sejam indexados pelo Google, ou seja, a informação fica exposta em qualquer resultado de busca.

"Se você está usando o WhatsApp Web, o seu número de telefone e mensagens estão sendo indexadas pelo Google de novo. Não sei por que o WhatsApp ainda não está monitorando seu website e o Google. É a terceira vez", diz Rajaharia em sua conta no Twitter.

De acordo com o pesquisador, o WhatsApp está usando um arquivo "robots.txt" e uma configuração "desautorizar tudo", impedindo assim que o Google não indexe nada. Mas o Google está fazendo isso mesmo assim, provavelmente devido a um erro da parte deles.

Indexação de dados do WhatsApp pelo Google

Essa não é a primeira vez que ocorre a indexação de dados do WhatsApp pelo Google.

Em fevereiro de 2020, links para acessar grupos de conversas do WhatsApp estavam sendo expostos em buscas no Google. Bastava pesquisar o termo "chat.whatsapp.com", e, pronto, você tinha acesso a uma série de links de grupos do mensageiro.

A situação foi resolvida após WhatsApp solicitar ao Google que abandonasse a indexação e, desde março de 2020, os links possuem a tag "noindex" para evitar o problema.

Mas a mesma exposição veio a acontecer há apenas nove dias quando o pesquisador Rajshekhar Rajaharia descobriu e relatou o problema.

Em contato com a reportagem, o Google não respondeu até a publicação deste texto. O WhatsApp comentou que a questão já foi resolvida e que os links não estão mais disponíveis na pesquisa do Google.

A plataforma disse ainda que desde março de 2020, o WhatsApp inclui a tag "noindex" para evitar que estes links de grupo apareçam na busca. Mas a empresa ressalta que "links de convite postados publicamente na internet podem ser encontrados por outros usuários do WhatsApp". Por essa razão, recomenda que as pessoas compartilhem links de grupos apenas particularmente.