PUBLICIDADE
Topo

Está com a grana curta? Conheça cinco celulares baratos lançados em 2020

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

26/11/2020 16h41

Muita gente foi atingida pela crise econômica causada pela pandemia, por isso a grana pode estar mais curta neste fim de ano. Mesmo assim, o smartphone se tornou uma ferramenta imprescindível e é importante ter um celular decente no bolso.

Se o dinheiro não é suficiente para um aparelho top de linha ou um intermediário, há celulares que custam até R$ 1.000 que dão conta do recado. Tilt lista cinco deles lançados neste ano, que não vão deixar você na mão na hora de mandar um WhatsApp, de navegar no Facebook ou de ler uma notícia no UOL.

Por causa do limite que a gente colocou, ficaram de fora aparelhos ótimos mas que custam um pouco mais, como o Samsung Galaxy A21s e o Motorola Moto E7 Plus. Mesmo assim, nossa lista tem muita coisa interessante.

Moto G8

Motorola Moto G8 - Divulgação - Divulgação
Motorola Moto G8
Imagem: Divulgação

A linha Moto G, da Motorola, é uma das preferidas dos brasileiros. O 68 comum é um intermediário-básico que alia preço baixo e qualidade. À primeira vista ele pode enganar, pois o design arrojado o faz parecer mais caro.

A bateria de 4.000 mAh tem boa autonomia e faz com que o celular tenha carga suficiente para aguentar um dia inteiro. A tela tem resolução mais baixa, o que é um dos pontos fracos deste smartphone, mas pelo menos faz com que ele gaste menos bateria.

O Moto G8 tem três câmeras: uma principal de 16 MP, um grande angular de 8 MP e uma macro de 2 MP. Com boa luz, as fotos ficam bem bonitas, com cores vivas e bom nível de detalhes. Para as selfies, há uma câmera de 8 MP que também funciona melhor se a iluminação estiver boa.

O celular vem com processador Snapdragon 665 e 4 GB de memória RAM. O sistema operacional é o Android 10, que traz funções, gestos e recursos exclusivos da Motorola.

Como é um aparelho simples, o desempenho é só razoável. Principalmente nos games, que sofrem um pouco com a lentidão. Os aplicativos também não abrem instantaneamente, mas funcionam normalmente depois de abertos.

Procurando bem, é possível encontrar o Moto G8 por cerca de R$ 990,00, um valor bem justo para um celular com essas características.

Ficha Técnica: Moto G8

  • Tela: 6,4 polegadas IPS LCD HD+ (1560 x 720p)
  • Câmera: Traseira 16 MP (principal) + 8 MP (ângulo aberto) + 2 MP (macro)
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 665 octa-core (2 GHz)
  • Memória: RAM de 4 GB, 64 GB de armazenamento(aceita cartão microSD)
  • Bateria: 4.000 mAh

Redmi 9A

Xiaomi Redmi 9A - Divulgação - Divulgação
Xiaomi Redmi 9A
Imagem: Divulgação

O Redmi 9A é um dos celulares "baratinhos" da Xiaomi, a empresa chinesa queridinha dos brasileiros. O problema é que no site oficial no Brasil, este aparelho custa mais do que os R$ 1.000 que estabelecemos de limite para esta lista. Por isso, é preciso procurar bem na internet para achá-lo a um preço mais acessível.

Este é, de fato, um smartphone de entrada. Nós ainda não o testamos em Tilt, mas dá para falar algumas coisinhas. A começar pelo design: é um celular simples, mas muito bonito, e vem nas cores preto, azul ou verde.

A tela é de LCD com resolução HD+, ou seja, dentro do esperado nessa faixa. O processador MediaTek Helio G25 também não é lá essas coisas. Para o uso básico do dia a dia, ele dá conta do recado, mas você não vai conseguir jogar games avançados nele.

O Redmi 9A vem com apenas uma câmera na traseira com 13 MP e uma de selfie na frente com 5 MP.

O que parece ser o ponto mais positivo deste celular é a bateria de 5.000 mAh, com carregamento rápido de 10W. Não é todo celular baratinho que vem com uma bateria tão potente. Além disso, o Redmi 9A vem com Android 10 (versão do ano passado), que roda a interface MIUI 12 típica dos celulares da Xiaomi.

Ficha Técnica: Redmi 9A

  • Tela: 6,5 polegadas IPS LCD (1520 x 720p)
  • Câmera: Traseira tripla (13 MP + 5 MP + 2 MP) e Frontal 13 MP
  • Processador: Helio P22 MediaTek MT6762 (4x 2 GHz Cortex-A53 + 4x 1.5 GHz Cortex-A53)
  • Memória: RAM de 3 GB, 32 GB de armazenamento (aceita cartão microSD)
  • Bateria: 4.000 mAh

LG K50s

LG K50s - Reprodução/LG - Reprodução/LG
LG K50s
Imagem: Reprodução/LG

A LG também tem o seu celular "baratinho": é o K50s. É um basicão de respeito, com boa bateria, câmeras bem decentes e uma tela relativamente grande. Tilt também não testou esse aparelho, mas pelas configurações dá para ter uma boa ideia.

A bateria tem 4.000 mAh e promete um dia inteiro de carga, sem problemas. É uma pena que o carregador que vem de fábrica tem somente 6W de potência.

O K50s tem um conjunto de três câmeras traseiras, com destaque para a principal, de 13 MP, e para a grande angular.

O processador, um Helio P22 MediaTek MT6762, é um dos pontos fracos do aparelho. É o mesmo usado no K40s, um aparelho mais fraco. No entanto, como seus concorrentes, não compromete nas tarefas mais básicas. É possível encontrar o LG K50s por cerca de R$ 1.000.

Ficha Técnica: LG K50s

  • Tela: 6,53 polegadas IPS (1600 x 720p)
  • Câmera: Traseira 13 MP e Frontal 5 MP
  • Processador: Helio G25 MediaTek octa-core (2 GHz)
  • Memória: RAM de 2 GB, 32 GB de armazenamento(aceita cartão microSD)
  • Bateria: 5.000 mAh

Galaxy A11

Galaxy A11  - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Galaxy A11
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

O Galaxy A11 é o que a gente pode chamar de um intermediário-básico. Em sites do tipo marketplace, o preço dele fica em torno de R$ 1.000 — você pode achá-lo por mais caro que isso, portanto pesquise bem.

O celular vem com uma tela de 6,4 polegadas e poucas bordas. Ele tem uma boa variedade de câmeras e vem com uma principal de 13 MP, uma grande angular de 5 MP e uma de profundidade de 2 MP. Além disso, conta com uma câmera frontal de selfie de 8 MP.

O processador Snapdragon 450 octacore de 1,8 GHz não deve comprometer o uso mais corriqueiro, com WhatsApp e redes sociais. O Galaxy A11 também vem com bateria de 4.000 mAh, que deve ser suficiente para deixá-lo carregado durante todo o dia. É sem dúvida uma boa pedida para quem está com o orçamento curto.

Ficha Técnica: Galaxy A11

  • Tela: 6,4 polegadas HD+
  • Processador: Snapdragon 450 octacore de 1,8 GHz
  • Memória: 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento
  • Câmeras: traseira tripla (13 MP + 5 MP + 2 MP) e frontal (8 MP)
  • Bateria: 4.000 mAh

Galaxy A01 Core

Galaxy A01 Core - Divulgação - Divulgação
Galaxy A01 Core
Imagem: Divulgação

Já o Galaxy A01 Core é mais basicão do que o A11. Aliás, de toda essa lista, é um dos aparelhos mais simples, destinado para quem realmente quer gastar pouco, mas prefere ter um celular de uma marca confiável, como a Samsung.

O hardware é simples: processador quad-core de 1,5 GHz, 2 GB de memória RAM e apenas 32 GB de armazenamento externo. A tela LCD TFT de 5,3 polegadas tem resolução HD, com bordas pretas relativamente grossas.

As câmeras deixam a desejar. Há apenas uma traseira, com resolução de 8 MP e com flash LED, e uma frontal, de 5 MP.

O A01 Core tem todo um jeitão de celular antigo. A tampa traseira e a bateria são removíveis e o carregamento não é feito por USB-C, mas sim por um padrão mais antigo: microUSB tipo B. A bateria de 3.000 mAh tem autonomia prometida para cerca de dois dias, segundo a fabricante.

O bom deste celular é o preço. É possível encontrá-lo por cerca de R$ 620.

Ficha técnica: Galaxy A01 Core

  • Tela: 5.3 polegadas HD+ TFT (1480 x 720 pixels)
  • Câmera: Traseira 8 MP (f/2.2); frontal 5 MP (f/2.4)
  • Processador: Quad-core (1,5 GHz)
  • Memória: RAM de 2 GB (aceita cartão microSD até 512 GB); armazenamento interno de 32 GB
  • Bateria: 3.000 mAh

Veredito

  • O Moto G8 é um aparelho bem completo entre os baratinhos. Mas se você é daqueles que assistem a muitos vídeos no celular, pode ser que se decepcione um pouco.
  • O Galaxy A11 é, sem dúvida, um aparelho bem completo, com um bom conjunto de câmeras e uma boa bateria. Mas requer mais pesquisa, porque pode ser encontrado por mais de R$ 1.000 nos marketplace.
  • O Redmi 9A é indicado para quem fica o dia todo no celular e precisa de uma bateria que aguente boas horas longe da tomada.
  • Já o LG K50s é o celular básico de quem curte usar o celular para ver séries, vídeos no YouTube e toda forma de streaming. Sua tela grande é ótima para isso.
  • Agora, se a grana está bem curta, o Galaxy A01 Core é mais indicado. De todos da lista, é o celular mais simples, mas, o preço baixo o torna bem atrativo.