PUBLICIDADE
Topo

Google adota símbolo de luto por morte de homem negro em Porto Alegre

Página inicial da Google com símbolo de luto - Reprodução
Página inicial da Google com símbolo de luto Imagem: Reprodução

Renata Baptista

De Tilt*, no Recife

20/11/2020 16h35

A página inicial de busca do Google passou a exibir nesta sexta-feira (20) uma fita preta para simbolizar o luto após a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos agredido ontem por dois seguranças no supermercado Carrefour, na zona norte de Porto Alegre. A frase "Nós apoiamos a igualdade racial e todos aqueles que buscam por ela" acompanha o símbolo.

Vídeos que mostram o espancamento de Freitas circulam nas redes sociais desde a noite de ontem. O assunto se tornou um dos mais comentados hoje, dia da Consciência Negra no Brasil. As cenas da agressão vêm sendo comparadas ao que aconteceu com George Floyd, que morreu sufocado por policiais nos Estados Unidos.

"O símbolo de luto na Busca é uma expressão da nossa solidariedade com a população negra brasileira diante de mais um episódio de violência. Nós apoiamos a equidade racial e todos aqueles que buscam por ela", afirmou o Google, em declaração.

A polícia investiga o caso e um laudo pericial vai apontar a causa da morte de Freitas. Ele foi agredido por um segurança e por um PM temporário, fora de serviço, que estavam no local. Os agressores foram presos, suspeitos de homicídio doloso.

A agressão teria ocorrido após uma discussão entre a vítima e uma funcionária do supermercado. Durante a saída de Freitas do estabelecimento, conduzida pelos seguranças, ele teria deferido um soco contra o policial militar.

Em seu blog, o Google destacou em um texto de homenagem ao Dia da Consciência Negra no Brasil que gostaria de "expressar os nossos sentimentos à população negra brasileira". Aproveitou também para lembrar que o dia foi criado como forma de homenagear Zumbi dos Palmares, um dos símbolos da resistência contra a escravidão.

*Com matéria de Hygino Vasconcellos