PUBLICIDADE
Topo

Nasa e SpaceX adiam 1ª missão oficial tripulada à Estação Espacial

Os astronautas da missão Crew-1: da esquerda para a direita, Soichi Noguchi, Michael Hopkins, Shannon Walker e Victor Glover - Divulgação/Nasa
Os astronautas da missão Crew-1: da esquerda para a direita, Soichi Noguchi, Michael Hopkins, Shannon Walker e Victor Glover Imagem: Divulgação/Nasa

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

14/11/2020 04h00Atualizada em 14/11/2020 10h39

Marcada para este sábado (14), a agência espacial norte-americana Nasa adiou para domingo (15) sua primeira missão oficial tripulada à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) em parceria com uma empresa privada — no caso, a SpaceX, fundada pelo bilionário da tecnologia Elon Musk. O atraso é decorrente de condições climáticas adversas para um lançamento hoje.

A missão Crew-1 levará à ISS os astronautas Michael Hopkins, Victor Glover e Shannon Walker, da Nasa, e Soichi Noguchi, da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão.

O voo está agora marcado para começar às 21h27, horário de Brasília, a partir do Complexo de Lançamento 39A no Centro Espacial Kennedy da Nasa no estado norte-americano da Flórida.

Os astronautas viajarão a bordo da cápsula Crew Dragon, que será colocada em órbita pelo foguete Falcon 9 — ambos criados pela SpaceX, que recebe US$ 55 milhões por astronauta enviado ao espaço.

Se não houver atrasos e o foguete decolar na hora marcada, os astronautas chegarão à ISS cerca de 8 horas e meia depois.

Como assistir

A Nasa vai transmitir o lançamento a partir das 17h00 (de Brasília) por meio do seu canal oficial no YouTube. Assista abaixo:

Por que é importante

O lançamento marca a inauguração do programa Commercial Crew, que, graças a SpaceX, permite que os Estados Unidos enviem astronautas ao espaço por conta própria pela primeira vez desde o fim do programa de ônibus espaciais, em 2011.

Desde então, a Nasa dependia de outros países para levar seus astronautas à ISS, principalmente a Rússia. Em maio, a SpaceX levou astronautas à estação espacial em uma missão de testes. O lançamento deste fim de semana, porém, é para valer.

Com a chegada dos novos astronautas, a ISS vai ficar com sete tripulantes, contando com os três que já estão lá — a americana Kate Rubins e os russos Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov. Mas como a estação só tem seis quartos, um deles terá que dormir na cápsula Crew Dragon, que ficará acoplada à estação.