PUBLICIDADE
Topo

Hoje é o melhor dia em 15 anos para você observar Marte; veja como fazer

Visão de uma região de Marte; planeta está mais visível a olho nu este mês - NYT
Visão de uma região de Marte; planeta está mais visível a olho nu este mês Imagem: NYT

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

13/10/2020 19h07

O planeta Marte está mais próximo da Terra neste mês. E nesta terça-feira (13), atingirá sua oposição ao Sol em relação ao nosso planeta: os três estarão perfeitamente alinhados, no arranjo Sol-Terra-Marte. Este é o dia mais favorável à observação do nosso vizinho. Além da proximidade, sua face estará totalmente iluminada pela luz solar e a Lua está bem apagada, minguante.

Nesta semana e na próxima, Marte será o segundo astro mais brilhante no nosso céu noturno, atrás apenas de Vênus. Ele nasce por volta das 18h30 a leste (lado oposto ao que o Sol estiver se pondo) e pode ser observado durante toda a noite.

Procure um ponto bem brilhante e avermelhado, com uma luz mais fixa. Estrelas cintilam mais, por conta da distância maior e turbulências da atmosfera.

Na última terça-feira (6), o planeta vermelho atingiu o ponto mais perto da Terra dos próximos 15 anos, a cerca de 62 milhões de quilômetros. Uma aproximação tão grande só se repetirá em 2035. Então aproveite a ótima visibilidade a olho nu, que deve durar até o final de outubro.

Esta oposição acontece a cada 26 meses, aproximadamente. Aliás, são as janelas de lançamento de missões a Marte. Mas dependendo do ponto das órbitas (que não são exatamente circulares, mas sim ovais), a distância entre os planetas varia.

Em 2003, Marte e a Terra fizeram sua maior aproximação em 60 mil anos, a uma "pequena" distância de 55 milhões de quilômetros.

Balé dos planetas

Esta semana, os cinco planetas visíveis a olho nu estarão em nosso céu noturno. No início da noite, serão quatro: Mercúrio (que só consegue ser visto logo após o pôr do sol), Júpiter, Saturno e Marte. Depois, pouco antes do amanhecer, Vênus se junta ao trio.

Marte vem chamando a atenção de observadores do Brasil e do mundo, por conta de ocultações que tivemos em agosto e setembro. A nova fase da exploração especial também tem voltado nossos olhos para o planeta vermelho.

Estados Unidos, com a missão Mars 2020 da Nasa, China e Emirados Árabes estão em uma corrida a caminho de Marte. E o bilionário Elon Musk, da Tesla e SpaceX, tem seu projeto de construir uma cidade para um milhão de pessoas no planeta.