PUBLICIDADE
Topo

Nasa vai enviar um banheiro de US$ 23 milhões para o espaço nesta semana

Novo banheiro espacial é mais compacto e confortável, segundo a Nasa - James Blair/Nasa
Novo banheiro espacial é mais compacto e confortável, segundo a Nasa Imagem: James Blair/Nasa

Bruna Souza Cruz

De Tilt*, em São Paulo

27/09/2020 12h34

A Nasa (agência espacial norte-americana) se prepara para mais uma missão de reabastecimento da ISS (Estação Espacial Internacional). Nesta terça-feira (29), uma nave de carga será lançada carregando suprimentos, experimentos científicos e um banheiro. Sim, um banheiro.

O seu desenvolvimento custou US$ 23 milhões e é um dos experimentos mais importantes da missão, chamada Cygnus NG-14.

A tripulação que vive e trabalha na ISS vai ganhar um banheiro mais confortável, 65% menor e 40% mais leve do que o existente hoje, segundo a Nasa.

O nome oficial do banheiro é Sistema de Gerenciamento de Resíduos Universal (UWMS). O uso do novo modelo está previsto para missões futuras, como as viagens para Marte e para a Lua.

Estrutura do novo banheiro que será usados por astronautas na ISS: detalhe para o assento e a tampa dele - James Blair/Nasa - James Blair/Nasa
Estrutura do novo banheiro que será utilizado pelos astronautas da USS
Imagem: James Blair/Nasa

Como é o banheiro?

Segundo a Nasa, a tecnologia de eliminação de resíduos vai permitir que mais de um astronauta utilize os banheiros simultaneamente na Estação Espacial. Existe ainda um sistema de reciclagem de água mais eficiente também.

"Para missões de menor duração, o UWMS também trabalha com um sistema onde os resíduos não são pré-tratados com produtos químicos. Eles são simplesmente armazenados para descarte [posterior], explica a agência espacial.

"A integração aprimorada com outros componentes do sistema de água da estação espacial ajudará na reciclagem de mais urina, que, sim, os astronautas bebem depois de filtrada e processada", acrescenta.

Mangueira do banheiro que será enviado pela Nasa para Estação Espacial Internacional - James Blair/Nasa - James Blair/Nasa
Banheiro inclui um funil e uma mangueira desenvolvidos para coletar a urina melhor
Imagem: James Blair/Nasa

Os banheiros espaciais usam o fluxo de ar para puxar a urina e as fezes. Na sequência, cada um fica armazenado em compartimentos distintos criados para isso. Tirando quando servem para estudos e são enviados para a Terra, os recipientes com as fezes ficam armazenados em uma área da nave que é queimada durante a reentrada na atmosfera terrestre.

O que mais será enviado?

Experimentos com o cultivo de rabanete, terapias contra o câncer e sistema de recuperação de água também serão recebidos pela tripulação.

A curiosidade fica mais para o fato de que um produto para a pele da marca Estée Lauder também estará na bagagem rumo ao espaço. Um dos tripulantes irá fotografá-lo e a imagem será usada pela empresa como estratégia de divulgação.

"[É] parte dos esforços da Nasa para permitir atividades comerciais na estação espacial e desenvolver uma economia robusta", explicou em seu site.

Essa missão será a 14ª realizada pela espaçonave Cygnus, que não será tripulada. O lançamento acontecerá no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, às 11h27 (no horário de Brasília). A Nasa vai transmitir tudo online a partir das 11h

*Com informações dos sites Space e Sciencealert