PUBLICIDADE
Topo

Uber muda regra da taxa de cancelamento; valor pode chegar a R$ 20

Taxa de cancelamento leva em conta distância percorrida pelo motorista e tempo -
Taxa de cancelamento leva em conta distância percorrida pelo motorista e tempo

Nicole D'Almeida

Colaboração para Tilt

23/09/2020 15h41

A Uber passou a enviar nesta semana emails para usuários avisando sobre uma mudança na taxa de cancelamento do aplicativo. De acordo com a comunicação da própria empresa, as modificações já estão em vigor desde o último dia 21 de setembro.

Uma das modificações envolve valores. A taxa de cancelamento variável tem agora como valor mínimo R$ 5, podendo chegar até R$ 20 dependendo da cidade, do tempo transcorrido e do trajeto percorrido pelo motorista. Questionada por Tilt sobre o motivo do reajuste, a Uber não deu detalhes.

Mas a maneira como o valor é calculado não mudou. Continua valendo a fórmula que a Uber implantou no ano passado, quando deixou de cobrar um valor fixo e passou a levar em conta o tempo e a distância percorridos pelo motorista desde a solicitação da viagem até o momento do cancelamento.

Outra mudança na política ocorre com a inclusão do Uber Flash, categoria de retirada e entrega de objetos, na regra para a cidade de São Paulo.

A regra se aplica para os cancelamentos feitos tanto pelos usuários quanto pelos motoristas. O cliente pode solicitar o cancelamento a qualquer momento após a confirmação da viagem. Entretanto, tem apenas dois minutos para cancelar sem sofrer nenhuma cobrança. Antes de confirmar o cancelamento, o usuário será informado do valor cobrado.

Além disso, a taxa também será cobrada se o usuário deixar o motorista esperando por mais de cinco minutos no local de embarque e ele resolver cancelar a viagem.

A Uber diz ainda ter métodos para entender se a corrida foi cancelada por um usuário porque o motorista não foi de encontro a ele e seguiu direção contrária —essa estratégia costuma ser usada por condutores para forçarem cancelamentos por parte dos passageiros.