PUBLICIDADE
Topo

Telescópio Hubble capta foto de cair o queixo da galáxia "Olho da Serpente"

Cleberson Alcântara

Colaboração para Tilt

18/09/2020 12h25

Sem tempo, irmão

  • ESA divulgou nesta semana foto tirada pelo telescópio Hubble
  • Galáxia ganhou apelido por sua similaridade com o olho de uma cobra
  • Buraco negro em seu centro tem massa milhões de vezes superior ao nosso Sol
  • Brilho azul indica que há estrelas em formação na galáxia

O famoso telescópio espacial Hubble registrou uma imagem espetacular da galáxia NGC 2835, que está a 35 milhões de anos-luz da Terra. Por conta do seu formato, a NGC 2835 ganhou um nome mais acessível ao público leigo: "olho de serpente".

hubble - ESA/Hubble & NASA, J. Lee, and t - ESA/Hubble & NASA, J. Lee, and t
Foto captada pelo Hubble mostra detalhes da galáxia conhecida como "Olho da Serpente"
Imagem: ESA/Hubble & NASA, J. Lee, and t

A imagem foi divulgada essa semana pelo site da European Space Agency (ESA) e mostra o motivo do apelido. A galáxia é uma espiral, assim como a nossa Via Láctea, e seu centro brilhante lembra os olhos de uma cobra.

Apesar do brilho, o centro da galáxia conta um imenso buraco negro. De acordo com a ESA, sua massa é milhões de vezes maior que o do Sol. Os brilhos azuis que estão ao redor do centro são emissões de luz quase ultravioleta. Eles indicam que estrelas estão em processo de formação ou foram formadas recentemente na galáxia.

Mesmo com a distância, o "Olho de Serpente", que tem metade da largura da Via Láctea, está próximo da constelação de Hydra, a maior constelação que nós conseguimos observar aqui da Terra por meio de um telescópio comum.

O Hubble foi lançado ao espaço em abril de 1990. Nesses 30 anos de serviços prestados, ele já ajudou os astrônomos a entender como nasce uma estrela, o que são os buracos negros e a qual a idade do universo.