PUBLICIDADE
Topo

Bill Gates lamenta a morte do pai: 'Ele foi tudo o que eu tento ser'

O ex-advogado Bill Gates Sr., pai de Bill Gates - Reprodução/Instagram
O ex-advogado Bill Gates Sr., pai de Bill Gates Imagem: Reprodução/Instagram

De Tilt, em São Paulo

15/09/2020 21h32

O pai de Bill Gates, o ex-advogado William H. Gates Sr., morreu ontem aos 94 anos. O fundador da Microsoft lamentou a perda no Instagram e afirmou que o pai foi tudo o que ele tentou ser na vida.

"Sentiremos mais falta dele do que podemos expressar agora. Estamos sentindo tristeza, mas também gratidão", escreveu Gates. "O falecimento do meu pai não foi inesperado — ele tinha 94 anos e sua saúde estava piorando — então, todos nós tivemos muito tempo para refletir sobre a sorte que temos de ter esse homem incrível em nossas vidas por tantos anos.".

"E não estamos sozinhos nestes sentimentos. A sabedoria, generosidade, empatia e humildade de meu pai tiveram uma grande influência nas pessoas ao redor do mundo", acrescentou.

Na homenagem, Gates refletiu sobre a influência de seu pai em sua vida, compartilhando que ele e suas irmãs tiveram muita "sorte" de ter pais que "nos encorajaram constantemente e foram sempre pacientes conosco".

"Meu pai também teve uma influência profunda na minha motivação. Quando eu era criança, ele não era dominador, mas nunca me deixou ficar perto das coisas nas quais eu era bom e sempre me incentivou a tentar coisas que eu odiava ou não achava que eu poderia fazer — natação e futebol, por exemplo. E ele modelou uma ética de trabalho incrível."

Ele concluiu: "A experiência de ser filho de Bill Gates foi incrível. As pessoas costumavam perguntar ao meu pai se ele era o verdadeiro Bill Gates. A verdade é que ele era tudo que eu tento ser. Sentirei falta dele a cada vez dia."