PUBLICIDADE
Topo

Tudo junto: novo recurso das TVs da Samsung mistura TV aberta com streaming

App da Globoplay não funcionará mais à parte, mas sim dentro do sistema da TV da Samsung - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
App da Globoplay não funcionará mais à parte, mas sim dentro do sistema da TV da Samsung Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Gabriel Francisco Ribeiro

De Tilt, em São Paulo

16/06/2020 16h00

Sem tempo, irmão

  • Globoplay será embutido nas TVs Samsung para funcionar em sincronia com a Globo
  • Usuários poderão mudar câmera do BBB ou assistir série mesmo estando na TV aberta
  • Novidade vale para todas as novas televisões da marca fabricadas em 2020

Uma nova tecnologia que vem embutida nas televisões recém-lançadas da Samsung pode tornar a nossa relação com a TV aberta e o streaming muito diferente. Segundo a empresa sul-coreana, vai ser possível misturar os dois tipos de conteúdo de forma mais fluida, sem que você perceba que está passando de um sistema para o outro. Esta é a primeira vez que a marca coloca um recurso do tipo em seus aparelhos e começa a testar esse novo jeito de ver TV com conteúdos brasileiros.

O exemplo dado foi o de um reality show: você começa assistindo na aberta e troca facilmente para as câmeras exclusivas de quem é assinante do streaming, para espiar de outro ângulo. Ou assiste à transmissão na televisão aberta ao mesmo tempo em que consegue votar pelo controle remoto usando o app da sua smartTV.

Se estiver vendo uma série na TV aberta, pode ver o próximo capítulo no serviço de streaming pago. Para realizar essa troca, não será preciso sair de uma janela para acessar outra.

Isso aconteceu por conta de uma parceria no Brasil entre a Samsung e a TV Globo. A gigante das televisões embutiu o serviço Globoplay nos novos aparelhos e também colocou um botão nos controles que leva diretamente para o streaming —como já acontece com a Netflix e o Amazon Prime Video nos modelos anteriores. A Samsung não quis informar se outras parcerias estão previstas, mas já disse que a novidade não vem para os aparelhos antigos.

O app trabalha na parte interna das televisões e não em um ambiente de navegação, explicou Érico Traldi, diretor de produto das áreas de TV e áudio da Samsung Brasil.

Todas as interações entre o canal aberto e o streaming dependem da Globo, que vai verificar o que pode interessar ao espectador que está assistindo à sua programação normal na televisão aberta. Ainda não dá para saber quanto isso vai ser incômodo para quem está assistindo, já que você passa a ser notificado de outros conteúdos.

"É o que chamamos de TV híbrida. Criamos uma ponte da antena para a internet, começando a derrubar uma barreira entre o consumo linear de TV aberto e o on demand do aplicativo", explica Raimundo Barros, diretor de tecnologia da Globo.

A tecnologia também permite que um conteúdo em HD da TV aberta da Globo passe automaticamente para 4K se já estiver disponível no Globoplay —atualmente, existe uma grande limitação para a transmissão de sinais 4K pela televisão aberta.

Ironicamente, o app da Globoplay nas televisões costuma receber inúmeras críticas de usuários - inclusive em televisões da Samsung. Ao testar o aplicativo, Tilt notou falhas que não costumam ocorrer em outros como Netflix e Amazon Prime Video. Entre elas, estão problemas de continuidade de uma série ou filme e de localização de conteúdos. Há dificuldade também para localizar conteúdos da "lista" personalizada do usuário.

Em redes sociais, usuários costumam reclamar do aplicativo da televisão, que seria inferior ao do celular. Não está claro se o fato dele ficar embutido dentro do aparelho, como a partir de agora nessa parceria, pode melhorar tais transtornos.