PUBLICIDADE
Topo

Muita bateria e telona: novo celular da Xiaomi custará R$ 2.799 no Brasil

Xiaomi Redmi Note 9S chegou ao Brasil - Divulgação
Xiaomi Redmi Note 9S chegou ao Brasil Imagem: Divulgação

Gabriel Francisco Ribeiro

De Tilt, em São Paulo

20/04/2020 13h41

O Redmi Note 9S é o novo lançamento da Xiaomi no Brasil. Apresentado pela marca de forma online por meio do seu Facebook na tarde desta segunda-feira (20), o aparelho intermediário chegará ao Brasil custando a partir de R$ 2.799 —na pré-venda, ele tem desconto de R$ 1.000, caindo para R$ 1.799.

Ele foi lançado na China há cerca de um mês, e o Brasil é o primeiro país da América Latina a ter o smartphone. A novidade deve concorrer com outros do segmento intermediário como o Galaxy A51 e A71, da Samsung, além da linha One da Motorola.

Entre os destaques do celular da Xiaomi estão uma bateria enorme nas especificações, uma telona quase sem bordas e também um conjunto de cinco câmeras, sendo quatro traseiras e uma frontal.

A pré-venda rola nesta segunda no site oficial da marca no Brasil "enquanto durarem os estoques". Ele chega ao Brasil em data indefinida em duas versões:

  • 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento: R$ 2.799 (na pré-venda por R$ 1.799)
  • 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento: R$ 2.999 (na pré-venda por R$ 1.999)

O lançamento ocorre mesmo em meio ao coronavírus, que impacta a troca de mercadorias em todo o mundo. Para a importadora oficial da Xiaomi no Brasil, isso é só mais um "desafio".

"A a logística mundial é um desafio. Sempre fomos movidos a desafios e esse é mais um para a gente, Devido ao cenário, nos comprometemos a enviar os produtos da pré-venda até o fim de maio", diz Luciano Barbosa, chefe do projeto Xiaomi no Brasil, em parceria com a importadora DL.

Tela gigante

O novo celular chega com uma tela enorme de 6,67 polegadas quase livre de bordas (com exceção de uma borda grande embaixo), com apenas um furo na tela no topo, para a câmera frontal, assim como os Galaxy A51 e A71, da Samsung.

A qualidade da tela é Full HD+, com resolução de 2.400 x 1.080 pixels. Como proteção, ela vem com o Gorila Glass 5.

Ainda no design, ele tem uma aparência clara de intermediário na traseira, se diferenciando um pouco dos mais elegantes tops de linha. O conjunto de várias câmeras polui um pouco o design do aparelho, mas a Xiaomi destaca o fato das câmeras serem centralizadas na traseira e simétricas.

O aparelho chega ao Brasil em três cores diferentes, que dão efeitos na traseira de acordo com a iluminação do ambiente: branco, azul e cinza.

Muita câmera

No total, são cinco câmeras no dispositivo. Se por um lado o conjunto polui um pouco o visual, ele também traz inúmeras opções para o usuário. As opções são:

  • Uma câmera principal traseira de 48 MP
  • Uma grande angular traseira de 8 MP
  • Uma macro traseira de 5 MP
  • Uma câmera de profundidade traseira de 2 MP
  • Uma câmera frontal de 16 MP

Esse é um conjunto bem parecido com outros celulares intermediários da atualidade. O Galaxy A51 e o A71, da Samsung, foram lançados no começo do ano no Brasil e trouxeram o mesmo conjunto de câmeras. Os aparelhos da marca sul-coreana têm mais megapixels na câmera, apesar disso não ser sinônimo de qualidade.

No caso da Xiaomi, o Redmi Note 9S traz na câmera traseira diversos modos diferentes para fotografar: noturno, documento, retratos "cinemáticos", além de inteligência artificial para reconhecer cenários e melhorar as fotos.

Poderoso na bateria

O Redmi Note 9S ainda chega com uma bateria de respeito: são 5.020 mAh, que a Xiaomi diz aguentar mais de dois dias. Esse número deixa o celular entre os que têm maior capacidade no mercado atualmente, semelhante a aparelhos de marcas como Asus e Samsung.

Por outro lado, o smartphone tem um processador intermediário: o Snapdragon 720G. Esse G na nomenclatura aponta para um desempenho focado em games no celular. Ele ainda conta com um leitor de digital que fica na borda do celular, junto ao botão de ligar e desligar.

Nas configurações de memória, o Redmi Note 9S oferece duas variações: 4 GB de RAM com 64 GB de memória interna ou 6 GB de RAM com 128 GB de memória interna.

Ficha técnica: Redmi Note 9S

Tela: 6,67 polegadas Full HD+
Dimensões: 165, 7 mm x 76,6 mm 8,8 mm e 209g
Memória: 4GB/6GB de RAM e 64 GB/128 GB de armazenamento
Câmeras: quatro traseiras (48 MP + 8 MP + 5 MP + 2 MP) e uma frontal (16 MP)
Processador: Snapdragon 720G
Bateria: 5.020 mAh