PUBLICIDADE
Topo

Robô da OMS no WhatsApp agora dá dicas sobre coronavírus em português

Até agora, todas as orientações do robô da OMS para WhatsApp estavam em outros idiomas - Arte UOL
Até agora, todas as orientações do robô da OMS para WhatsApp estavam em outros idiomas Imagem: Arte UOL

Helton Simões Gomes

De Tilt, em São Paulo

06/04/2020 04h00

O robô que a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou para dar instruções confiáveis sobre o novo coronavírus pelo WhatsApp passou a falar português a partir desta segunda-feira (6).

Até agora, todas as orientações dadas por ele estavam em outros idiomas, como árabe, inglês, francês, italiano e espanhol. O braço da Organização das Nações Unidas (ONU) para a saúde tem concentrado os esforços e informações em âmbito mundial sobre a pandemia de covid-19.

Robô da OMS no WhatsApp que dá dicas sobre coronavírus passa a falar português - Reprodução
Robô da OMS no WhatsApp que dá dicas sobre coronavírus passa a falar português
Imagem: Reprodução

Veja abaixo como falar com o bot da OMS:

  • Adicione o número +41 22 501-7735. Este é o número da conta comercial da OMS. Depois disso, basta mandar um "oi" para o perfil;
  • Caso isso não funcione, clique no link https://wa.me/41225017735?text=oi. Você será remetido a uma página que perguntará se quer abrir o conteúdo no WhatsApp. Pressione em "abrir". Pronto, agora basta mandar o "oi".

Feito isso, o robô apresentará um cardápio de opções:

  1. Números atualizados
  2. Proteja-se
  3. Perguntas e respostas
  4. Fato ou fake?
  5. Orientações para viagens
  6. Notícias
  7. Compartilhar
  8. Doar agora
  9. Cambia língua

Para receber o conteúdo de qualquer um desses itens, basta enviar uma mensagem com o número correspondente. Ao enviar "4", você fica sabendo, por exemplo, que o coronavírus não é transmitido por picadas de mosquito e tomar banhos quentes é um método de prevenção eficaz.

A iniciativa é uma parceria do órgão com o aplicativo de mensagem.

"O WhatsApp tem se preocupado em ajudar as autoridades de saúde a levar um pouco de informação para o cidadão nesse momento", diz Dario Durigan, diretor de políticas para mensagens privadas do Facebook, dono do WhatsApp.

A OMS escolheu o WhatsApp por causa da popularidade da plataforma. "Esse serviço de mensagem fácil de usar tem o potencial de atingir 2 bilhões de pessoas e permite que a OMS leve informação diretamente às mãos das pessoas que precisam", afirma a entidade.

Apesar de parecer uma operação simples, Durigan explica que a inclusão do português no rol de línguas faladas pelo bot da OMS exigiu um grande trabalho de engenharia do WhatsApp.

"Parece simples só ter um canal no WhatsApp, mas é uma coisa que, para ter um uso massivo, com milhões de pessoas usando, precisa ter um trabalho de engenharia e de coordenação muito grande. É algo supertrabalhoso."

O esforço deu certo. Se até agora, o robô da OMS só respondia a "hi", "hola", "salut" ou "ciao", agora ele também fala com você caso receba um "oi".

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS