PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Facebook oferece créditos de anúncio para Ministério da Saúde

Doação de créditos foi feita para ajudar a disseminar informações relevantes sobre o novo coronavírus - SERGIO PEREZ
Doação de créditos foi feita para ajudar a disseminar informações relevantes sobre o novo coronavírus Imagem: SERGIO PEREZ

De Tilt, em São Paulo

26/03/2020 08h56

O Facebook anunciou que vai oferecer créditos para que o Ministério da Saúde promova campanhas na rede social e no Instagram com informações que possam ajudar no combate ao novo coronavírus.

Segundo a empresa, o objetivo é manter as pessoas informadas sobre como elas podem se proteger.

Outra estratégia anunciada foi que o Facebook vai começar a enviar notificações no topo dos feeds com informações atualizadas sobre o novo coronavírus e a covid-19, doença respiratória causada por ele.

O Ministério da Saúde também poderá usar uma tela customizada sobre o novo vírus de uma ferramenta do Facebook chamada CrowdTangle, que mensura como conteúdos públicos estão sendo disseminados na internet.

Confira outras mudanças que o Facebook está adotando sobre o tema:

Pop-up com informações sobre o vírus: Se uma pessoa fizer buscas sobre o novo coronavírus no Facebook ou por uma hastag no Instagram, um pop-up vai aparecer com informações oficiais do Ministério da Saúde

Remoção de notícias falsas: a empresa está removendo conteúdos em suas plataformas que tenham falsas promessas de cura ou teorias da conspiração sempre que recebe denúncias de usuários.

Proibição de anúncios: a publicidade envolvendo a vendas de máscaras respiratórias serão banidas temporariamente. Anúncios que busquem criar pânico também estão proibidos.

Redes sociais