PUBLICIDADE
Topo

Microsoft admite que falha no Windows está gerando ataques por hackers

Windows 10 - Reprodução
Windows 10 Imagem: Reprodução

De Tilt, em São Paulo

24/03/2020 12h56

A Microsoft informou que uma falha de segurança em um sistema de processamento de fontes, que está presente em todas as versões do Windows, está sendo usada por hackers para ataques direcionados, sem detalhar quantos ataques aconteceram.

A falha pode ser explorada enganando a vítima a abrir um documento alterado pelo criminoso. Depois que o documento é aberto —ou só mostrado no preview do Windows-, o invasor pode executar remotamente um programa malicioso, como o ransomware (que sequestra o acesso ao computador), em um dispositivo vulnerável.

Ainda sem solução, a brecha permite que o computador seja acessado remotamente, podendo ocorrer o roubo de dados ou a realização de ações com ele, desde que o usuário abra um arquivo comprometido. A própria Microsoft considera a falha "crítica".

A empresa disse estar trabalhando em uma correção para o problema, mas ressaltou que o comunicado feito hoje deve servir como um aviso para os usuários. Seguindo em curso normal, o desenvolvimento da correção deve chegar como uma atualização no dia 14 de abril.

Até lá, caso os usuários permaneçam sem correção para a falha, a recomendação é desabilitar prévias de documentos de texto no Windows Explorer ou renomear o arquivo DLL para que ele não seja acessado.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Segurança