PUBLICIDADE
Topo

O que é o equinócio de outono: entenda o fenômeno do dia 20 de março

Paul Gilmore/iStock
Imagem: Paul Gilmore/iStock

Felipe Oliveira

Colaboração para Tilt

19/03/2020 14h52Atualizada em 20/03/2020 14h52

O equinócio de outono ocorre nesse dia 20 de março às 0h50. O evento marca o início oficial do outono nos países que estão abaixo do Equador, enquanto o hemisfério norte recebe a primavera.

Ele é um evento astronômico que ocorre duas vezes ao ano, no início do outono e da primavera. Neste fenômeno, a luz solar incide da mesma forma sobre os dois hemisférios, fazendo com que o dia e a noite tenham a mesma duração. Como a Terra demora 24 horas para completar uma rotação, ambos irão durar 12 horas.

A duração dos períodos de sol vai diminuindo pouco a pouco, até chegar o momento em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. E essa data é nesta sexta-feira (20), quando o Sol nasce exatamente a leste, enquanto nos demais dias ele surge em torno do ponto cardeal leste.

A inclinação da Terra a 23,5 graus é o que dá origem às estações do ano - BBC
A inclinação da Terra a 23,5 graus é o que dá origem às estações do ano
Imagem: BBC

Como ocorre?

O eixo de rotação da Terra não está a 90º ou perpendicular ao plano de sua órbita. Ele é inclinado 23,5º em relação a uma reta perpendicular ao plano orbital. E é isso que dá origem às estações do ano. Se o eixo estivesse a 90°, o nascer e o pôr do sol aconteceriam na mesma hora todos os dias e não teríamos variações de clima.

Quando é verão em um dos dois hemisférios, significa que ele está próximo do sol, ampliando as temperaturas. Enquanto isso, no outro hemisfério os raios solares incidem menos, deixando os dias mais frios.

No equinócio, a inclinação dos raios solares (praticamente paralelos entre si) que atinge cada hemisfério do planeta é equivalente.

O nome equinócio surge desse fenômeno, já que a palavra tem origem latina e significa noites iguais, resultado da junção de aequis (igual) e nox (noite).

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS