PUBLICIDADE
Topo

Deu ruim? Internautas reclamam de falha na tela do novo Galaxy Z Flip

Galaxy Z Flip, smartphone com tela flexível da Samsung - Divulgação/Samsung
Galaxy Z Flip, smartphone com tela flexível da Samsung Imagem: Divulgação/Samsung

De Tilt, em São Paulo

17/02/2020 08h28

Lançado na semana passada nos EUA, o Galaxy Z Flip, novo celular dobrável da Samsung, já está causando polêmica por conta de sua fragilidade. Internautas começaram a compartilhar imagens do aparelho com marcas na tela e com problemas para funcionar.

Consideravelmente diferente do Galaxy Fold, o Z Flip, que ainda não chegou ao Brasil, mas vai custar R$ 8.999, chamou a atenção por ser ter um novo formato de celular dobrável (lembra o Razr, da rival Motorola).

Veja algumas das reclamações:

Estilo Flip saudosista

Como o nome diz, o Galaxy Z Flip remonta aos tempos saudosistas dos celulares flips que fizeram sucesso no início dos anos 2000, antes dos smartphones de verdade surgirem.

Assim como o Moto Razr, o novo aparelho da Samsung se dobra verticalmente e não horizontalmente, como é o caso do Fold. Quando fechado, o celular fica do tamanho diminuto de um quadrado e é mais portátil do que os aparelhos da atualidade.

Quando fechado, o celular tem apenas uma tela exterior de pouco mais de 1 polegada. Essa tela servirá para funções restritas como mostrar hora, nível de bateria e afins.

Já aberto o celular terá uma tela de 6,7 polegadas com a qualidade Amoled, no mesmo padrão de outros celulares atuais da marca. O display, contudo, é menor do que o Galaxy Fold, até porque o primeiro dobrável da Samsung tem um formato mais quadrado de tablet.

A tela interna conta ainda com um furo na tela centralizado para a câmera frontal, padrão que a Samsung tem adotado desde o Note 10.

Falando das câmeras, a princípio, especulou-se que o Z Flip viria com câmera de 108 MP presente no Galaxy S20 Ultra. No entanto, o novo dobrável da Samsung chegará ao mercado com uma lente dupla de 12 MP, sendo uma principal e outra grande angular— sem teleobjetiva, portanto.

Já a câmera interna tem 10 MP e é a mesma vista nos novos Galaxy S20 e S20+.

Samsung cita camada protetora

Em nota ao Tilt, a Samsung apontou que o Galaxy Z Flip tem uma tecnologia chamada Infinity Flex Display com o Samsung Ultra Thin Glass que "oferece um design elegante e premium além de uma experiência de visualização imersiva".

"A primeira tecnologia UTG da Samsung é diferente de outros dispositivos flagship da linha Galaxy. Enquanto a tela dobra, ela deve ser manuseada com cuidado", aponta a empresa.

Além disso, a Samsung ainda explica que o Z Flip possui uma camada protetora semelhante ao Galaxy Fold. A companhia sul-coreana também diz que o Z Flip "passou por todos os protocolos de teste e fabricação que atendem às diretrizes de qualidade da Samsung e de parceiros, para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível".

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS