Topo

Meteorito que caiu no México tem evidência de grãos anteriores ao nosso Sol

Meteorito Allende, que caiu no México em 1969 Imagem: Cortesia da Sociedade Planetária

De Tilt, em São Paulo

04/02/2020 13h58

Cientistas identificaram material interestelar que antecede o Sistema Solar dentro de um meteorito que caiu no México em 1969. Num estudo liderado pela Universidade de Washington em St. Louis, os pesquisadores identificaram evidências de grãos pré-solares dentro de uma parte do meteorito Allende onde não se espera que sejam encontrados.

"O que é surpreendente é o fato de grãos pré-solares estarem presentes", disse Olga Pravdivtseva, principal autora de um novo artigo na Nature Astronomy. "Seguindo nosso entendimento atual da formação do Sistema Solar, os grãos pré-solares não poderiam sobreviver no ambiente em que essas inclusões são formadas".

Encontrar esses vestígios é raro, mas não inédito. Há apenas algumas semanas, uma equipe de cientistas identificou o material dentro de outro meteorito — que também caiu na Terra em 1969, na Austrália.

Na ocasião, eles informaram se tratar do material mais antigo conhecido no planeta, entre 5 e 7 bilhões de anos. Para efeitos de comparação, o Sistema Solar tem cerca de 4,6 bilhões de anos.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Meteorito que caiu no México tem evidência de grãos anteriores ao nosso Sol - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Newsletters

Perdeu algum assunto de tec na semana? Sem crise. Tilt explica, complica um pouco e explica de novo. Toda sexta.

Astronomia