PUBLICIDADE
Topo

Exército dos EUA prevê soldados ciborgues em campo até 2050

Jean-Claude Van Damme e Dolph Lundgren em cena de Soldado Universal - Divulgação/IMDb
Jean-Claude Van Damme e Dolph Lundgren em cena de Soldado Universal Imagem: Divulgação/IMDb

De Tilt, em São Paulo

17/01/2020 09h22

Sem tempo, irmão

  • Departamento de Defesa dos EUA divulgou relatório sobre soldados ciborgues
  • Exército prevê super visão, super audição e até telepatia até 2050
  • Departamento prometeu estudar "implicações maiores" dos projetos tecnológicos

O exército dos EUA acredita que uma série de tecnologias já em desenvolvimento podem colocar soldados ciborgues em campo até 2050.

Um relatório liberado pelo Departamento de Defesa norte-americano prevê que tecnologias de supervisão, superaudição, controle de musculatura e até algo parecido com leitura de mentes podem revolucionar os campos de batalha nos próximos 30 anos.

Uma das possibilidades levantadas pelo relatório, por exemplo, é o desenvolvimento de lentes de contato que tornarão obsoletos os pesados óculos de visão noturna usados pelos soldados.

A tecnologia em questão também será capaz de zoom digital, e deve usar realidade aumentada para projetar visualmente dados como posições de soldados aliados e inimigos no campo de batalha, além de possíveis rotas de ataque.

Outro destaque é o projeto de uma roupa que seria capaz de restaurar os músculos cansados dos oficiais rapidamente. A meta mais incrível, no entanto, é o desenvolvimento de uma tecnologia para permitir a "transferência de dados direta entre os cérebros dos soldados", ou a popular telepatia.

O relatório do Departamento de Defesa frisa, no entanto, que o governo pretende estudar cuidadosamente as "implicações maiores" do desenvolvimento de tecnologias como estas, dentro e fora dos campos de batalha, antes de prosseguir com os projetos.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Ficção científica?