PUBLICIDADE
Topo

Sai, fraude! Site mostra se usaram seu CPF em celular pré-pago no CO e NE

Se suspeitar de fraude, o consumidor poderá solicitar o cancelamento da linha diretamente com as prestadoras de serviço - iStock
Se suspeitar de fraude, o consumidor poderá solicitar o cancelamento da linha diretamente com as prestadoras de serviço Imagem: iStock

Sai, fraude! Site mostra se seu CPF foi usado em celular pré-pago no CO e NE

De Tilt, em São Paulo

14/01/2020 20h26

Os clientes de telefonia móvel das regiões Centro-Oeste e Nordeste poderão consultar, a partir desta quarta-feira (15), a existência de linhas pré-pagas cadastradas em seu CPF. Para tanto, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) disponibilizou o site https://cadastropre.com.br/#/.

Nesta etapa, estão incluídas as empresas Algar, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo. Se identificar uma linha estranha vinculada ao seu nome ou suspeitar de fraude, o consumidor poderá solicitar seu cancelamento diretamente com as prestadoras de serviço.

O pedido, segundo determina a Anatel, deverá ser atendido em até 24 horas, caso seja feito a um atendente, e até 48 horas se feito automaticamente (no call center ou portal da empresa, sem intervenção humana).

A solução foi apresentada pelas empresas no Plano de Ação Setorial e aprovada pela Anatel no âmbito do Projeto Cadastro Pré-Pago. A ferramenta já está disponível para os clientes da região Norte desde 6 de janeiro e incluirá Sul e Sudeste a partir do dia 22.

Projeto Cadastro Pré-Pago

A iniciativa da Anatel busca garantir que a base cadastral da telefonia móvel no Brasil esteja correta e atualizada, evitando fraudes e dando mais segurança aos consumidores.

A primeira etapa do projeto aconteceu entre abril e novembro de 2019. Neste período, as empresas realizaram campanhas para atualização cadastral junto aos titulares de linhas pré-pagas ativas em todo o País.

Em 2020, estão sendo iniciadas a segunda e terceira etapas. Além da disponibilização do site para consulta por CPF, também estão previstas medidas adicionais para melhoria dos procedimentos de habilitação de novos chips.

Telefonia