PUBLICIDADE
Topo

Operação aérea viraliza ao jogar cenouras para salvar animais na Austrália

Marsupial rock wallaby, nativo da Austrália, comendo cenoura despejada do céu após incêndio - Divulgação/Twitter @Matt_KeanMP
Marsupial rock wallaby, nativo da Austrália, comendo cenoura despejada do céu após incêndio Imagem: Divulgação/Twitter @Matt_KeanMP

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

13/01/2020 13h59

Autoridades da província de Nova Gales do Sul, na Austrália, usaram helicópteros para despejar, do céu, mais de duas toneladas de batatas doces e cenouras para alimentar marsupiais que tiveram seus habitats atingidos pelos incêndios que afetam o país. Matt Kean, ministro de energia e meio ambiente de Nova Gales do Sul, postou no Twitter sobre o caso, e as mensagens viralizaram.

A operação tem o objetivo de fornecer comida aos rock wallabies (Petrogale penicillata), pequenos animais marsupiais como os cangurus, que vivem na província mas estão ameaçados de extinção, e faz parte do esforço de recuperação da vida selvagem após os incêndios que atingiram a região.

"O fornecimento de alimentos suplementares é uma das principais estratégias que estamos adotando para promover a sobrevivência e a recuperação de espécies ameaçadas de extinção, como o rock wallaby (Petrogale penicillata)", afirmou o ministro Matt Kean em comunicado à imprensa.

"Avaliações iniciais de incêndio indicam que o habitat de várias populações importantes desse animal foi queimado nos recentes incêndios florestais. Os wallabies costumam sobreviver aos incêndios, mas acabam com seus alimentos naturais limitados à medida que o fogo destrói a vegetação ao redor de seu habitat rochoso", complementou.

A mensagem abaixo no Twitter teve mais de 25 mil curtidas até a publicação desta notícia. Nos comentários, muitos internautas elogiaram a iniciativa.

O pessoal da Operação Rock Wallaby. A equipe de Parques Nacionais e Serviço de Vida Selvagem jogou hoje milhares de quilos de comida (principalmente batata-doce e cenoura) para nossas colônias de wallaby-de-cauda-roxa em toda a Nova Gales do Sul #incendios

O governo de Nova Gales do Sul planeja fornecer suprimentos alimentares aos wallabies até que os recursos naturais e a água sejam normalizados nas áreas afetadas.

Mais de meio bilhão de animais foram impactados pelos incêndios apenas em Nova Gales do Sul. Milhões morreram, de acordo com ecologistas. O número inclui pássaros, répteis e mamíferos, mas exclui insetos e sapos, o que significa que o número pode ser muito maior.

A ONG WWF estima que 1,25 bilhão de animais morreu direta ou indiretamente por causa dos incêndios pela Austrália.

O governo australiano destinou US$ 34,58 milhões a um programa emergencial de recuperação da fauna silvestre e chamou a crise de incêndios florestais que atinge o país de "desastre ecológico". Incêndios florestais enormes destruíram mais de 11,2 milhões de hectares, quase metade da área do Reino Unido.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Curiosidades de tecnologia