PUBLICIDADE
Topo

Novos queridinhos? Mexemos nos celulares A51 e A71, que podem vir ao Brasil

Gabriel Francisco Ribeiro

De Tilt, em Las Vegas (EUA)

08/01/2020 16h39

Sem tempo, irmão

  • Galaxy A51 e Galaxy A71 estão na feira CES, e Tilt teve acesso aos celulares
  • Aparelhos foram apresentados no Vietnã e ainda não chegaram no Brasil
  • Novidade da Samsung substitui um dos celulares mais populares de 2019
  • Eles estão mais bonitos e parecidos com tops, além de ganharem câmera extra

Os novos celulares sucessores da linha Galaxy A, da Samsung, já são mais do que realidade. A reportagem de Tilt encontrou os aparelhos Galaxy A51 e A71, anunciados oficialmente há poucos dias na feira CES (Consumer Electronics Show) e já conseguiu ter uma ideia do que vem por aí.

Ambos os modelos pintam como sucessores dos atuais Galaxy A50 e Galaxy A70 e têm tudo para serem os novos queridinhos da galera. O A50, por exemplo, foi o smartphone mais buscado no Brasil durante a última Black Friday, segundo o Zoom.

Os novos modelos ainda não têm data exata para serem lançados pela Samsung no Brasil. Mas, é provável que ele esteja à venda nos próximos meses. A linha Galaxy A do ano passado foi apresentada em abril.

Eles foram lançados inicialmente no Vietnã e chegarão entre o final deste mês e início do próximo a alguns países da Europa, ao preço de 369 euros para o A51 e 469 euros para o A71.

Samsung Galaxy A51 - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Samsung Galaxy A51
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Samsung Galaxy A71 - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Samsung Galaxy A71
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Jeitinho de iPhone

A primeira coisa que chama a atenção nos dois celulares é a traseira. Não adianta: mesmo que a Apple inove com algo que receba críticas, outros fabricantes vão acabar copiando.

Foi assim com o entalhe em 2017 e agora com a moldura para a câmera traseira que chegou até a virar meme. O Google Pixel já foi apresentado com esse mesmo design e, agora, a Samsung está usando isso em todos os novos aparelhos, como os recém-lançados Galaxy S10 Lite e Note 10 Lite.

Traseira do Samsung Galaxy A71 - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Traseira do Samsung Galaxy A71
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Traseira do Samsung Galaxy A51 - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Traseira do Samsung Galaxy A51
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Tanto o A51 quanto o A71 têm esse design. O restante da traseira lembra muito os Galaxy S10 e Galaxy Note 10 do ano passado, com um corpo de vidro elegante e minimalista.

As cores seguem um tom gradiente bem bonito —os modelos têm variações em prisma preto, prata, rosa e azul. No entanto, foi possível perceber que ele pega marcas de dedo com facilidade.

Na frente, ele tem o mesmo entalhe no estilo furo no centro na tela, como no Note 10. O furo é bem pequeno, o que maximiza a proporção da tela para o corpo. As bordas também são bem discretas, o que deixa o celular com uma boa pegada.

Câmeras têm potencial

Se os aparelhos do ano passado vinham com três câmeras traseiras, neste ano serão quatro. O conjunto tem bastante potencial. As lentes são as seguintes:

  • Principal de 64 MP no A71 e 48 MP no A51
  • Grande angular de 12 MP em ambos
  • Profundidade de 5 MP
  • Macro de 5 MP

A principal diferença para os modelos do ano passado está na câmera Macro, que já apareceu em celulares Motorola e serve para fazer fotos de objetos próximos com riqueza de detalhes.

No rápido teste, achei as câmeras bem boas. As fotos tiradas, vistas somente nos aparelhos, apresentaram boa qualidade e um contraste eficiente. O desfoque de fundo também pareceu bom.

A selfie com a mesma câmera de 32 MP também aparenta ser boa. Quando for lançado no Brasil, Tilt fará o devido teste completo para verificar a qualidade de todo o conjunto.

Diferenças entre os aparelhos

Além da diferença na câmera principal, os dois celulares têm outras pequenas diferenças em especificações como tela, bateria e processador.

A tela do Galaxy A71 é de 6,7 polegadas (17 cm), enquanto a do A51 é de 6,5 polegadas (15 cm) —ambas com a qualidade Full HD+. Os dois aparentam ser bem brilhantes e não devem decepcionar na hora de assistir conteúdos graças à qualidade Super Amoled.

Já a bateria do A71 é de 4.500 mAh, enquanto a do irmão é de 4.000 mAh. Os dois ainda tem variações que chegam a até 128 GB de espaço interno. O processador do A71 também é um pouco melhor —ambos são chips intermediários e inferiores aos dos tops de linha.

* O repórter viajou a convite da LG

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Lançamentos