PUBLICIDADE
Topo

Serviço de SP que mostra distância entre pacientes e SUS chegará em 2020

Marcelo Casal Jr / ABR
Imagem: Marcelo Casal Jr / ABR

Helena Mega

Colaboração para Tilt

23/12/2019 04h00Atualizada em 23/12/2019 10h32

O sistema que permite relacionar a distância percorrida pelos pacientes até o hospital em que são internados —tema de notícia no Tilt em novembro— tem previsão para começar a ser usado em São Paulo no primeiro semestre de 2020. A plataforma foi desenvolvida em parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde e pesquisadores do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP (Universidade de São Paulo).

Em nota à reportagem, a secretaria informou que o InternaSUS, como é chamado, "passa por testes e validações para ajustes e correções", últimas etapas antes entrar em funcionamento. "Estamos em uma fase de melhorar o desempenho", diz Paulo Meirelles, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e envolvido com o projeto.

O InternaSUS permite analisar dados geográficos e relacionar a origem e o destino do paciente, desde a unidade territorial de residência até o estabelecimento de internação. O sistema será usado exclusivamente por técnicos da prefeitura.

Saber esta distância vai ser importante para o hospital por alguns motivos. O dado pode indicar se pessoas de uma determinada região se deslocam muito para serem internadas —e se sim, a prefeitura saberia melhor onde construir um novo hospital. Ou saber se determinado hospital construído para atender a população de uma região está de fato recebendo pessoas dali, ou se está sobrecarregado com pacientes de outras regiões.

A partir do mapa da capital paulista, o software organiza a quantidade de internações hospitalares usando diversos filtros: região, hospital, especialidade e doença. São dados relativos a procedimentos financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e sob gestão da secretaria.

No software, as internações podem ser filtradas pelo problema de saúde, indicando em quais regiões da cidade houve mais atendimentos em decorrência de uma doença específica, como a dengue. O InternaSUS também permite visualizar os dados relativos a cada hospital, como o número de internações por especialidade (cirurgia, obstetrícia, pediatria, entre outras) e quantos quilômetros os pacientes precisaram se deslocar até ali.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Dados