PUBLICIDADE
Topo

Windows XP! Por que Vladimir Putin usa um sistema tão velho no computador?

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, com seu PC com Windows XP - Divulgação/Kremlin
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, com seu PC com Windows XP Imagem: Divulgação/Kremlin

Luiza Vidal

Colaboração para Tilt

20/12/2019 17h26

Uma foto do presidente da Rússia, Vladimir Putin, divulgada no mês passado, no site do Kremlin, trouxe um detalhe inusitado: o líder do país ainda usa o Windows XP no computador do escritório. O sistema já foi aposentado pela Microsoft em abril de 2014, o que deixa o aparelho completamente vulnerável a ciberataques.

Mas tudo isso tem um motivo, segundo o The Guardian, que noticiou o detalhe na terça (17): os regulamentos do governo russo impediram Putin de obter a atualização para o Windows 10, versão mais recente do sistema operacional.

O XP, lançado em 2001, foi o último sistema operacional da Microsoft a ser autorizado para uso em computadores oficiais do governo russo, segundo o site da Open Media, citando documentos do Ministério da Defesa do país. O Windows 10 já está sendo usado pelo governo, mas só em computadores que não contêm segredos de estado —ou seja, o de Putin não seria um deles.

De acordo com o Guardian, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, não comentou quando foi questionado sobre o motivo de o presidente russo continuar usando um sistema tão antigo como o XP.

Os programas e serviços da Microsoft e do Google estão aos poucos deixando os aparelhos do Kremlin, já que a nova política é privilegiar software criado no país, como o sistema operacional Astra Linux ou navegadores de internet como o Yandex.

Decisões como essas são consideradas estratégias para retirar qualquer influência estrangeira do país. Em maio deste ano, Putin assinou uma lei para criar uma internet russa independente. Com isso, o país se isolaria de rede global e abriria caminho para uma rede interna, que pode ser mais facilmente controlada. Entretanto, o presidente garantiu que o governo não tem intenção de desconectar o país do resto do mundo.

Quais os riscos de ainda usar o XP?

Como a Microsoft não produz mais o sistema, também não há mais assistência técnica e nem atualizações automáticas que protejam o computador.

Sem o download do Microsoft Security Essentials —aplicativo de versões recentes do Windows que protege o PC de ciberameaças—, os computadores com o Windows XP não estão mais protegidos e, assim, correm risco de segurança e ficam vulneráveis a vírus.

Além disso, a Microsoft também informa que é possível que alguns aplicativos e dispositivos parem de rodar no Windows XP já que "os fabricantes de software e hardware continuam com a otimização para versões mais recentes do Windows".

O que fazer para ficar protegido?

A Microsoft dá duas opções:

  • Atualizar o computador com a versão mais recente do Windows 10, caso o aparelho consiga executar o sistema;
  • Trocar de computador para que ele execute a versão mais atual.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Curiosidades de tecnologia