PUBLICIDADE
Topo

iPhone natalino feito de ouro e diamante é vendido por R$ 580 mil; veja

Aparelho é customizado pela Caviar - Divulgação/Caviar
Aparelho é customizado pela Caviar Imagem: Divulgação/Caviar

De Tilt, em São Paulo

13/12/2019 18h45

O iPhone 11 Pro Max já era caro — no Brasil, pode custar até cerca de R$ 10 mil — mas ganhou uma versão natalina, decorada com ouro de 18 quilates e diamantes, que está à venda por US$ 140,8 mil (valor equivalente a R$ 580 mil).

Na parte de trás, que normalmente é feita de alumínio, o aparelho leva uma espécie de escultura em relevo que mostra Maria e José durante o nascimento de Jesus, todos sob uma estrela de Belém cravejada de diamantes.

O modelo foi criado pela empresa russa Caviar, especializada em customizações deste tipo.

Divulgação/Caviar
Imagem: Divulgação/Caviar

Apesar do design para lá de luxuoso, o hardware permanece igual. A empresa disponibilizou a versão de ouro e diamantes em smartphones da Apple com 512 GB de armazenamento, a mais cara da linha, que também tem processador A13 e câmera tripla.

Neste ano, a Caviar criou outros dois modelos natalinos, um pouco mais em conta: um feito de prata e vendido por US $9.340 (cerca de R$ 38 mil) e outro com revestimento em pedra, disponível por US$ 6.370 (ou R$ 26 mil).

iPhone