PUBLICIDADE
Topo

Plantas "gritam" quando estão estressadas ou sofrendo, diz pesquisa

A frequência desses sons emitidos pelas plantas não é muito alta e não pode ser captada pelo ouvido humano - iStock
A frequência desses sons emitidos pelas plantas não é muito alta e não pode ser captada pelo ouvido humano Imagem: iStock

De Tilt

10/12/2019 16h39

Não são só os humanos e os animais que sabem se expressar quando estão desconfortáveis ou estressados — de acordo com um estudo da Universidade de Tel Aviv, em Israel, as plantas são capazes de "gritar" quando estão nessa situação.

A frequência desses sons não é muito alta e não pode ser captada pelo ouvido humano, mas esses "gritos" podem variar bastante de uma espécie para outra.

De acordo com o estudo, esses sons são emitidos por meio de um processo de cavitação, que ocorre quando as folhas formam bolhas que explodem no tecido que transporta nutrientes — tudo isso acontece especialmente quando a planta é cortada, tem suas folhas arrancadas ou sofre com falta de água.

É a explosão dessas bolhas que causa os "gritos" das plantas, que foram descobertos depois que os pesquisadores instalaram microfones perto das folhas.

"Esses achados podem alterar o que nós conhecemos sobre o reino vegetal, que até então era considerado silencioso", diz o estudo.

As plantas usadas no estudo foram pés de tomate e pés de tabaco, que foram separados em três grupos: parte delas foi exposta à seca, o segundo sofreu agressões às folhas e ao caule, e o terceiro ficou intacto.

Enquanto os vegetais que estavam preservados "gritavam" aproximadamente uma vez a cada hora, o grupo exposto à seca emitia esses sons 35 vezes por hora e os que sofreram agressões 25 vezes por hora.

Ciência