PUBLICIDADE
Topo

Nasa capta momento exato em que cometa explode ao se aproximar do Sol; veja

Cena da explosão registrada pela Nasa - Reprodução/Nasa
Cena da explosão registrada pela Nasa Imagem: Reprodução/Nasa

De Tilt, em São Paulo

09/12/2019 11h17

Usando dados de um satélite da Nasa chamado TESS, pesquisadores da Universidade de Maryland conseguiram captar o momento exato em que um cometa explode ao se aproximar do Sol.

A cena ocorreu em 2018, quando o cometa 46P/Wirtanen não suportou o calor do Sol e emitiu uma poeira de gelo e gases —mas só foi divulgada agora, quando os pesquisadores conseguiram compilar todos os dados do satélite e convertê-los em um vídeo que mostra começo, meio e fim da explosão.

"Esta é a observação mais completa e detalhada até o momento da formação e dissipação de uma explosão de cometa que ocorre naturalmente", disse a Nasa, ao divulgar as imagens.

"Quando os cometas orbitam o Sol, eles podem passar pelo campo de visão de TESS. O 46P/Wirtanen era uma prioridade para nós por causa de sua abordagem, por isso decidimos usar as imagens registradas pelo TESS como um caso de teste para ver o que poderíamos obter com este satélite. Ficamos muito surpresos [com o resultado]", disse Tony Farnham, cientista do Departamento de Astronomia da Universidade de Maryland.

O brilho inicial da explosão ocorreu em duas fases distintas: a primeira com um flash de uma hora e a segunda com um flash gradual, que continuou brilhante por cerca de oito horas, segundo a Nasa.

Esse segundo estágio da explosão provavelmente foi causado pela dispersão da poeira do cometa, gerando uma nuvem de gelo e gás que irradia ainda mais luz. Depois de atingir o pico de brilho, o cometa desapareceu gradualmente durante um período de mais de duas semanas.

Como o TESS obtém imagens compostas detalhadas a cada 30 minutos, a equipe pôde visualizar cada fase com detalhes precisos.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Astronomia