Topo

Quais são os celulares que ficaram mais baratos no mês da Black Friday?

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Wellington Arruda

Colaboração para Tilt

29/11/2019 15h07

Enfim chegou o dia! A Black Friday 2019 está aí, mas pelo que constatamos, as ofertas neste ano foram um pouco tímidas. Desde o começo do mês, Tilt vem monitorando diariamente os preços de uma seleção de smartphones de vários segmentos, e só seis modelos tiveram flutuações de preço acima de 20%.

O que mais variou foi o Xiaomi Redmi Note 7, que oscilou 36,97% nos preços. Em seguida, Galaxy Note 10 (26,61%), Galaxy Note 9 (26,15%), Galaxy Note 10+ (25%) e Huawei P30 Lite (22,79%) completam o top 5.

A grande maioria dos preços de 39 modelos analisados pela reportagem entre 4 e 28 de novembro —com valores encontrados no Shopping UOL— tiveram menos de 15% de variações de preço. Escolhemos modelos de diversas marcas, faixas de preço e lançados nos últimos dois anos —sendo a maioria de lançamentos de 2019.

Lembre-se que essas porcentagens levam em conta os maiores e menores preços encontrados. Muitos deles permaneceram com pouca ou quase nenhuma variação na maioria dos dias. O iPhone 11, por exemplo, não barateou mais do que R$ 300.

Veja o top 10 abaixo:

  • Redmi Note 7 - 36,97%
  • Galaxy Note 10 - 26,61%
  • Galaxy Note 9 - 26,15%
  • Galaxy Note 10+ - 25%
  • Huawei P30 Lite - 22,79%
  • Huawei P30 Pro - 20%
  • Galaxy S9+ - 19,67%
  • iPhone XS - 15,68%
  • iPhone 8 - 12,34%
  • Galaxy S10+ - 12,51%

Por aqui, você já viu listas com aparelhos custam até R$ 1.000, até R$ 1.500 e até R$ 3.000 e acima de R$ 3.000. Abaixo, falamos um pouco mais dos modelos que mais baratearam em novembro.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Redmi Note 7

O Redmi Note 7 é um celular grande, com tela esticada e ótima para assistir vídeos. Seu foco é o custo-benefício, mas ele não deixa de lado um design bonito e câmeras que agradam. No desempenho ele também é equilibrado, bem como no consumo de bateria.

Ele foi o que passou por variações mais bruscas de preço. Entre 4 e 28 de novembro, seu preço mudou 37%. O mais caro que registramos foi R$ 1.443,50, e o mais barato R$ 909,88. No seu lançamento, o preço estipulado pela Xiaomi foi de R$ 1.699.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas IPS LDC (2340 x 1080 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9.0
  • Processador: Snapdragon 660 octa-core (2.2 GHz)
  • Memória: 32 GB/64 GB128 GB de armazenamento; e 3 GB/4 GB/6 GB de RAM
  • Câmeras: traseira de 58 + 5 MP; e frontal de 13 MP
  • Bateria: 4.000 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Huawei P30 Lite

Logo que voltou a vender smartphones no Brasil, a Huawei trouxe a versão premium do P30 e a versão Lite. O intermediário premium chega para competir em uma faixa de preço disputada, mas não faz feio.

Diferente do P30 Pro, o P30 Lite tem corpo em plástico, mas com robustez e cores bonitas. Ele tem bom desempenho com jogos, aplicativos pesados, e autonomia de bateria para um dia inteiro de uso com tranquilidade.

A Huawei também traz três câmeras para este aparelho: uma fixa, outra ultrawide, e um extra para profundidade de campo.

No seu lançamento, o preço era de R$ 2.499. Já nos últimos dias, o dispositivo teve uma variação de 23%. O valor mais alto que registramos foi R$ 1.495, enquanto o mais baixo foi R$ 1.154,24.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,15 polegadas IPS LCD (2312 x 1080 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9.0
  • Processador: Kirin 710 octa-core (2.2 GHz)
  • Memória: 128 GB de armazenamento; e 4 GB de RAM
  • Câmeras: traseira de 24 + 8 MP + 2 MP; e frontal de 32 MP
  • Bateria: 3.340 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy S9+

O Galaxy S9+ é um smartphone que une coisas muito legais: desempenho forte, câmeras muito boas e tela grande para assistir vídeos estão entre as características.

Se você procura por um celular com bons recursos, mas não pensa em pagar mais caro na geração atual da linha Galaxy S, ele pode ser uma ótima opção.

O desempenho dele não vai deixá-lo na mão, já que estamos falando do top de linha da Samsung de 2018. Além disso, ele traz em uma das câmeras a abertura de lente variável, que se ajusta fisicamente a lugares com mais ou menos iluminação.

Neste mês, o S9+ teve 19% de variação no seu preço. O mais alto que encontramos foi R$ 2.339,10, e o mais baixo, R$ 1.879. O seu preço original, de lançamento, foi R$ 4.899.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,2 polegadas Super AMOLED
  • Sistema operacional: Android 9.0
  • Processador: Snapdragon 845 octa-core (2.8 GHz)
  • Memória: 128 GB de armazenamento e 6 GB de RAM
  • Câmeras: traseira dupla (12 MP) e frontal (8 MP)
  • Bateria: 3.500 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

iPhone 8

A Apple tem em seu portfólio smartphones que têm preço alterado bruscamente depois de muito tempo. O iPhone 8, de 2017, é um desses aparelhos, e continua sendo um bom aparelho para quem quer entrar na marca sem gastar muita grana.

Ele traz desempenho eficaz e tela com bom tamanho. A sua câmera traseira é única, mas faz um trabalho de qualidade mesmo para os padrões atuais. O seu foco está em oferecer um uso bem confortável, mesmo que não seja o mais recente da família.

Outra coisa que vale notar é que o aparelho tem tamanho pequeno e é confortável para ser usado com apenas uma das mãos.

Este modelo teve 12% de variação no seu preço. O mais alto que encontramos foi R$ 2.463,12, enquanto o mais baixo foi R$ 2.159,10. Para gente ter uma ideia, o preço de lançamento dele foi de R$ 3.999.

Ficha técnica:

  • Tela: 4,7 polegadas IPS LCD (1334 x 750 pixels)
  • Sistema operacional: iOS 13
  • Processador: Apple A11 hexa-core (2.39 GHz)
  • Memória: 64/128 GB de armazenamento; 2 GB e 3 GB de RAM;
  • Câmeras: 12 MP (dupla de 12 MP no 8 Plus) e frontal de 7 MP;
  • Bateria: 1.821 mAh e 2.691 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy Note 9

A linha mais poderosa da Samsung é a Galaxy Note. Com o Note 9, a fabricante trouxe as melhores coisas do Galaxy S9 e adicionou mais alguns incrementos.

Ele traz melhorias de câmera em relação ao seu irmão da linha Galaxy S, mas seu foco está na produtividade. Tanto que a sua tela é maior que o S, e o software traz foco no multitarefa. Além, claro, de trazer a S Pen para funções específicas.

Desta forma, o Note 9 oferece desempenho bruto, tela de alta qualidade e resolução, além de bateria satisfatória para um uso sem restrições de apps, funções e outros.

A flutuação de preço deste smartphone chegou a atingir 26%. O valor mais alto que encontramos foi R$ 3.599,10, enquanto o mais baixo foi R$ 2.658,07. No lançamento, a Samsung jogou seu preço na casa dos R$ 5.499.

Ficha técnica

  • Tela: 6,4 polegadas Super AMOLED (2.960 x 1.440 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9
  • Processador: Snapdragon 845 (2.8 GHz)
  • Memória: 128 GB de armazenamento; 6 GB e 8 GB de RAM
  • Câmeras: traseira dupla de 12 MP; e frontal de 8 MP
  • Bateria: 4.000 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy S10+

A mais recente atualização da Samsung na linha Galaxy S trouxe uma boa surpresa. O Galaxy S10+ é cheio de câmeras, e inclusive traz duas lentes na frontal.

Já na traseira, são três sensores com funções diferentes. Ele ainda traz recursos interessantes como um leitor biométrico sob a própria tela.

O design do produto é um dos pontos que mais chama atenção. Ele traz uma frontal com menos bordas e com "entalhe flutuante" no canto superior direito. Atualmente, ele é um dos melhores smartphones para quem busca um top de linha.

Seu preço chegou a variar 12% no período em que Tilt acompanhou os preços. O preço mais alto que encontramos para ele foi de R$ 3.428, e o mais baixo foi R$ 2.999,20. Ele chegou por aqui custando R$ 5.499.

Ficha técnica

  • Tela: 6,4 polegadas AMOLED Dinâmico (2280 x 1080 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9
  • Processador: Exynos 9820 (2,73 GHz)
  • Memória: 128 GB/512 GB/1TB de armazenamento; e 8GB/12 GB de RAM
  • Câmeras: traseira principal de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP + ultrawide de 16 MP; e frontal de 10 MP + 8 MP
  • Bateria: 4.100 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Huawei P30 Pro

O carro-chefe da Huawei no Brasil é o P30 Pro. O smartphone chegou no mercado prometendo entregar "tudo e mais um pouco" ao consumidor, e de fato é um grande competidor de modelos da Samsung e da Apple.

Seu foco são as fotografias. Além das três câmeras com funções distintas, o aparelho traz um sensor "Time of Flight" que faz medições de profundidade de campo.

Mas, além das câmeras, ele tem uma tela grande de ótima qualidade, bateria duradoura e confiável, além de desempenho forte o suficiente para aguentar os próximos anos.

Durante nosso monitoramento, percebemos uma variação de 20% no seu preço. O mais alto encontrado foi R$ 4.249, e o mais baixo R$ 3.399,28. Na época de lançamento, a Huawei colocou o preço dele na mesma faixa do S10+, em R$ 5.499.

Ficha técnica:

  • Tela: 6,47 polegadas OLED (2.340 x 1080 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9
  • Processador: Kirin 980 (2.6 GHz)
  • Memória: 128 GB/256 GB/512 GB de armazenamento; e 6 GB/8 GB de RAM
  • Câmeras: traseira de 40 MP + 8 MP + 20 MP + ToF; e frontal de 32 MP
  • Bateria: 4.200 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy Note 10

Se você é do tipo que gosta de smartphones grandes 'pero no mucho', o Galaxy Note10 chegou neste ano com uma proposta bacana. Ele une uma "tela infinita" com ainda menos bordas do que no Galaxy S10+, além da S Pen com recursos e comandos extras por bluetooth.

O design do smartphone tem linhas mais quadradas do que a nova linha Galaxy S. Ainda assim, estamos falando de um dos celulares mais potentes, belos e versáteis da Samsung em 2019.

Esta linha de smartphones traz foco em produtividade, como já citamos por aqui. Neste caso, espere um aparelho que certamente pode suprir todas as suas necessidades e ainda entrega um pouco mais.

O valor mais alto que registramos para o Note 10, nos últimos dias, foi R$ 4.659,01. Já o mais baixo foi R$ 3.419,10. Com a flutuação, seu preço chegou a variar 26%. Seu preço de lançamento foi de R$ 5.299.

Ficha técnica

  • Tela: 6,3 AMOLED Dinâmico (2.436 x 1.080 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9
  • Processador: Snapdragon 855 octa-core (2,8 GHz)
  • Memória: 256 GB de armazenamento; e 8 GB de RAM
  • Câmeras: traseira tripla de 12 MP + 12 MP + 16 MP; e frontal de 10 MP
  • Bateria: 3.500 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

iPhone XS

Com o iPhone XS, a Apple deu continuidade à sua nova geração com o sistema de reconhecimento facial Face ID. Ele também é um aparelho com grandes funcionalidades, corpo com aço inoxidável no acabamento e certificação contra água (IP67).

Ele é, sim, um celular com tamanho reduzido e confortável. Mas tem uma tela de quase 6 polegadas (15,24 cm) e de alta qualidade. As suas câmeras também são muito boas e fazem o efeito de desfoque de fundo (modo retrato) com boa precisão.

Assim como outros iPhones, seu desempenho é um dos mais rápidos e satisfatórios. Para quem não pensa em apostar no novo iPhone 11, olhar para esta geração anterior pode ser uma boa sacada.

Sabemos que os preços da Apple não são dos mais acessíveis, e nos últimos dias notamos uma variação de 15% no seu valor. O mais alto encontrado foi R$ 5.543,12, enquanto o mais baixo foi R$ 4.674,15. Quando chegou por aqui, o XS custou R$ 7.299.

Ficha técnica

  • Tela: 5,8 OLED (2.436 x 1.125 pixels)
  • Sistema operacional: iOS 13
  • Processador: iOS 12 hexa-core (2,5 GHz)
  • Memória: 64 GB/256 GB/512 GB de armazenamento; e 4 GB de RAM
  • Câmeras: traseira dupla de 12 MP; e frontal de 7 MP
  • Bateria: 2.658 mAh

Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy Note 10+

No anúncio do Galaxy Note 10, além da própria novidade dos smartphones em si, a Samsung trouxe uma versão ainda maior do aparelho.

O Galaxy Note10+ tem quase 7 polegadas de tela (17,78 cm) e é ótimo para quem prefere celulares assim. A tela, em si, tem ótima qualidade e é bastante confortável para assistir filmes, vídeos e, também, para produtividade —que é o foco desta linha.

Assim como no Galaxy Note 10 tradicional, o Note 10+ tem ótimas câmeras, desempenho mais que satisfatório, suporte à S Pen e bateria ainda mais duradoura.

Notamos que, nos últimos dias, seu preço chegou a variar 25%. O valor mais alto que registramos foi R$ 5.543,12, embora o mais baixo tenha sido de R$ 4.674,15. O preço oficial de lançamento deste aparelho foi de R$ 6.799.

Ficha técnica

  • Tela: 6,8 AMOLED Dinâmico (3.040 x 1.440 pixels)
  • Sistema operacional: Android 9
  • Processador: Snapdragon 855 octa-core (2,8 GHz)
  • Memória: 256 GB/512 GB de armazenamento; e 8 GB ou 12 GB de RAM
  • Câmeras: traseira tripla de 12 MP + 12 MP + 16 MP; e frontal de 10 MP
  • Bateria: 4.300 mAh

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Smartphone