Topo

Mapa no modo anônimo: como fazer o Google parar de seguir seus passos

Google Maps em modo anônimo
Imagem: Reprodução

Letícia Sé

Colaboração para Tilt

04/11/2019 17h31

Sem tempo, irmão

  • Navegação anônima no Maps para Android chegará para usuários aos poucos
  • No modo incógnito, app não guardará dados nem enviará notificações
  • Há limitações na nova função, já que Google acessa localização por outros aplicativos

A ideia de que somos vigiados o tempo todo é difícil de lidar. Mas o fato é que o Google sabe onde você está, quando e com quem, pois o Google Maps registra diariamente os seus percursos e em quais comércios você entrou, na função Linha do Tempo. Mas dá para reverter essa "perseguição". Na sexta (1), o Google lançou o modo anônimo para usuários Android do Maps.

Local, data e hora são os dados coletados pelo aplicativo de mapas. Já era possível deletar esses registros manualmente ou programar o Google para fazê-lo automaticamente, em períodos da preferência do usuário dentro da aba Minha Atividade.

A novidade é que o Maps, no modo incógnito, não tem acesso aos seus dados e propõe algo mais prático. Quando ativado, ele não salva buscas no histórico da conta, não envia notificações, impede a função de compartilhamento de localização e não personaliza o app de acordo com suas atividades.

Para ativar o modo sigiloso no Google Maps é preciso:

  • abrir o aplicativo
  • clicar na sua foto no canto superior direito da tela
  • acionar o modo anônimo.

Se a função não apareceu, é porque ainda não está disponível para todos os usuários, mas a empresa afirmou que a expandirá em breve —a versão para iOS também está nos planos.

Essa navegação anônima já existia no buscador e no navegador da empresa, o Google Chrome. Mas é bom perceber os limites dessa suposta privacidade, já que a função anônima do Maps não garante o sigilo de dados de geolocalização por provedores de internet nem em outros aplicativos, na pesquisa por voz e em outros serviços do Google.

Um exemplo de limitação ao sigilo é o Google Fotos, que também guarda dados de localização. Além disso, o app de imagens reconhece os rostos dos seus amigos, e as buscas dentro do aplicativo podem ser feitas por essas tags faciais ou por local. O rastreio geográfico é a configuração padrão no Fotos, e só é possível esconder esses registros de local nas fotos quando compartilhar as imagens com amigos.

A privacidade sobre a sua localização é importante. Recebemos do Google email, serviço de mapas, armazenamento de fotos e buscadores de forma gratuita, mas o preço são os seus dados. Com informações sobre nossos percursos de consumo, empresas de tecnologia direcionam anúncios publicitários e podem vender dados a outras empresas e até governos. Sem saber ao certo para onde vão seus dados, melhor se prevenir.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Google