Topo

Muita bateria e design moderno: Zenfone Max Pro M2 chega por R$ 1.529

Zenfone Max Pro M2 promete bateria de longa duração - UOL
Zenfone Max Pro M2 promete bateria de longa duração Imagem: UOL

Rodrigo Trindade

De Tilt, em São Paulo

16/09/2019 00h00

Sem tempo, irmão

  • Novo celular da Asus é um dos poucos com bateria com capacidade de 5.000 mAh
  • Design da frente parece com o do Zenfone 5, além da traseira com cara moderna
  • Câmera traseira é dupla e usa inteligência artificial para reconhecimento de cenários

Bateria e design são os destaques do Zenfone Max Pro M2, novo smartphone da categoria intermediário lançado nesta segunda-feira (16) pela Asus. O celular chegou ao Brasil em dois modelos com diferenças apenas no armazenamento (um de 64 GB e outro de 128 GB) e está à venda pelo preço sugerido de R$ 1.529,10.

O maior atrativo do smartphone é a bateria de 5.000 mAh, que aguenta 19 horas seguidas de vídeo ou 23 horas de navegação pela internet com conexão no wi-fi - ou até 35 dias no standby -, segundo a empresa.

Entre os smartphones lançados aqui no Brasil neste ano, somente o Moto G7 Power é equivalente em bateria. Até modelos mais caros, como o Galaxy A70 ou o Galaxy Note 10+, têm baterias de menor capacidade (4.500 e 4.300 mAh, respectivamente).

A aparência do celular também chama a atenção, especialmente a parte traseira reluzente. Ele vem em duas cores: titânio e um azul bem escuro. Ambos dão um aspecto moderno ao celular, mas é perceptível de imediato que a parte de trás do celular fica repleta de marcas de digital.

Os outros detalhes do design do Zenfone Max Pro M2 têm a ver com as câmeras. No canto superior esquerdo da parte de trás do celular está a câmera dupla, com um sensor principal Sony de 12 MP e outro de profundidade de 5 MP, usado para o modo retrato. Os dois estão alinhados na vertical, com um flash logo abaixo.

O sistema de câmeras é o mais avançado da série Max, com detecção de cenas com uso de inteligência artificial, foco automático e estabilização eletrônica de imagem. Os recursos prometem ajustes automáticos a diferentes tipos de ambientes e fotos e vídeos com menos tremidas e mais foco.

A frente conta com um entalhe similar ao do Zenfone 5. Aliás, não só o entalhe. Toda a parte frontal do Max Pro M2 segue o padrão do principal lançamento da Asus em 2018, com uma tela do mesmo tamanho (6,26 polegadas) e resolução (Full HD+). Mas a câmera frontal é de 13 MP, um avanço em relação aos 8 MP da do Zenfone 5.

Processador e concorrência

O Zenfone Max Pro M2 vem equipado com o processador Snapdragon 660 e tem 4 GB de RAM, o que resulta em um processamento 11% mais rápido e desempenho gráfico 33% melhor na comparação ao Max Pro lançado no ano passado. O armazenamento, por outro lado, dobrou em relação antecessor, que tinha modelos de 32 GB e 64 GB.

Entre os celulares lançados neste ano, o Max Pro M2 ocupa um espaço bem concorrido. Celulares como o LG K12 Prime, Moto G7 Power, Moto G7 Plus e Galaxy A50 oferecem recursos semelhantes por preços que chegam a ser menores, já que eles foram lançados há meses e seus valores caíram.

O maior rival, no entanto, é o Redmi Note 7, da Xiaomi, que tem especificações técnicas muito semelhantes - perde na bateria, mas ganha na câmera e (por pouco) no tamanho tela. Ele é encontrado em marketplaces por menos pouco mais de R$ 1.000.

Ficha técnica: Zenfone Max Pro M2

  • Tela: 6,26 polegadas Full HD+
  • Sistema operacional: Android 8.1
  • Processador: Snapdragon 660
  • Memória: 4 GB (RAM) e 64 GB ou 128 GB (armazenamento)
  • Câmeras: traseira dupla (principal 12 MP + de profundidade de 5 MP) e frontal (12 MP)
  • Dimensões e peso: 157,9 x 75,5 x 8,5 mm e 175 gramas
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: R$ 1.529,10 (64 GB) ou R$ 1.619,10 (128 GB)

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Lançamentos