Topo

FGTS desbanca WhatsApp e vira app mais baixado do Brasil; veja como baixar

Sucesso do saque do FGTS levou app para o topo dos rankings - Reprodução/App Store
Sucesso do saque do FGTS levou app para o topo dos rankings Imagem: Reprodução/App Store

Helton Simões Gomes

De Tilt, em São Paulo

13/09/2019 12h46

Sem tempo, irmão

  • Saque de até R$ 500 de cada conta do FGTS começa nesta sexta-feira
  • Isso elevou o número de downloads dos apps do FGTS e da Caixa
  • Os serviços superaram apps populares e viraram os mais baixados do Brasil
  • Deixaram para trás o sempre líder WhatsApp, além de Instagram e YouTube

O início dos saques de até R$ 500 de cada conta do FGTS nesta sexta-feira (13) já produziu pelo menos duas coisas impensáveis. A primeira delas é que o aplicativo para consultar saldos de contas no fundo desbancou WhatsApp, Instagram, YouTube e outros programas populares para celular. Com isso, virou um dos mais baixados no Brasil.

Já a segunda é que o sucesso do serviço levou para o topo dos rankings outro app que costuma ficar longe do top 10. O programa da Caixa para smartphones também ultrapassou o WhatsApp e virou um dos líderes de download no país.

Na App Store, a loja de aplicativos da Apple, FGTS e Caixa são respectivamente líder e vice-líder da lista dos mais baixados. Já na Google Play, a loja do Google, os apps são, nessa ordem, segundo e terceiro com mais downloads — ficam atrás apenas do serviço de edição de vídeo Kwai.

Pertencentes à área de finanças, os apps conseguiram ainda desbancar o app do Nubank, que geralmente lidera esse segmento.

Veja como usar o aplicativo do FGTS:

  • Baixe o aplicativo na loja da Apple (veja aqui) ou na loja do Google (veja aqui);
  • Na tela inicial do app, clique em "Cadastre-se"
  • Preencha o formulário, inclusive criando uma senha
  • Clique em "Não sou um robô" e, na sequência, em "Cadastre-se"
  • Você receberá um email de confirmação no endereço informado. Acesse-o e clique no link enviado
  • No aplicativo, responda as perguntas com informações adicionais para confirmação de dados
  • Depois de ler e aceitar os termos e condições, o app estará liberado

Saques do FGTS

Os primeiros a receber são os clientes da Caixa que nasceram em janeiro, fevereiro, março ou abril.

Para quem tem poupança, o depósito dos valores será feito automaticamente. Quem não quiser tirar o dinheiro precisa avisar o banco até 30 de abril de 2020, para que o valor volte ao FGTS. Cerca de 11,7 milhões de trabalhadores com poupança receberão nessa primeira etapa, totalizando R$ 4,8 bilhões, segundo a Caixa.

Quem tem conta corrente na Caixa e autorizou o depósito até o último domingo (8) também vai ter o valor depositado em sua conta nesta sexta.
Os clientes do banco que fazem aniversário em outros meses recebem em 27 de setembro (nascidos entre maio e agosto) ou 9 de outubro (nascidos entre setembro e dezembro).

Para os trabalhadores que não são clientes da Caixa, a liberação do dinheiro começa a partir de 18 de outubro, também conforme o mês de seu aniversário. Veja o calendário completo mais abaixo:

1) Calendário para quem tem poupança na Caixa:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: recebem a partir de 13/9/2019
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: recebem a partir de 27/9/2019
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 9/10/2019

2) Calendário para quem tem conta corrente na Caixa:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: se autorizaram até 8/9, recebem em 13/9
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: se autorizarem até 22/9, recebem em 27/9
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: se autorizarem até 4/10, recebem em 9/10

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Como fazer o cadastro no aplicativo do FGTS

UOL Notícias
Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, o aplicativo do FGTS usa o CPF para acessar e não mais o número do PIS.

Mais Fique por dentro