Topo

Desodorante não está dando conta? Traje futurista com bactérias pode ajudar

Bactérias são nossas amigas e podem combater a pizza fedorenta - Getty Images
Bactérias são nossas amigas e podem combater a pizza fedorenta Imagem: Getty Images

De Tilt, em São Paulo

15/08/2019 10h15

É isso mesmo, um novo traje futurista feito com bactérias vivas pode ajudar a resolver o mau cheiro nas axilas.

O "Skin II", de cor cinza claro e mangas compridas, contém bactérias probióticas saudáveis, reduzindo o odor corporal, disse a designer Rosie Broadhead, responsável pela invenção.

Não é o suor em seu corpo que causa o odor do corpo, é a bactéria. Por isso, incorporamos bactérias saudáveis nos tecidos para permitir um microbioma que ajudará a reduzir o odor corporal
Broadhead

"Essa mudança no microbioma está associada à redução do odor corporal, estimulando a renovação celular e é muito boa para o sistema imunológico da pele", disse ela.

A pesquisadora desenvolveu o traje como parte de seu doutorado na Central Saint Martins, em Londres. Ela trabalhou com o microbiologista belga Chris Callewaert, da Universidade de Ghent, que forneceu as bactérias probióticas saudáveis que são comumente encontradas na pele e fez uma extensa pesquisa sobre as causas do odor corporal.

Os dois planejam comercializar o Skin II, e Broadhead espera lançar uma linha de roupas esportivas com a mesma tecnologia. Testes mostraram que a bactéria incorporada ao traje pode sobreviver à lavagem com água quente. (Com Reuters)

Chegou Tilt, o canal de tecnologia do UOL

UOL Tilt

Mais Tec a seu favor