Topo

Tela colorida! Tudo o que sabemos sobre a nova pulseira fitness da Xiaomi

Adeus, preto e branco! Mi Band 4 será lançado na semana que vem e deve ter cores na tela - Reprodução/Weibo
Adeus, preto e branco! Mi Band 4 será lançado na semana que vem e deve ter cores na tela Imagem: Reprodução/Weibo

Bruno Madrid

do UOL, em São Paulo

05/06/2019 13h31

Agora é oficial: a nova pulseira fitness da Xiaomi, chamada Mi Band 4, será realmente lançada no dia 11 de junho, na China. A empresa confirmou a data para expor seu novo produto, que promete inovações e melhorias em relação ao Mi Band 3, terceira geração do produto.

Pelo teaser divulgado pela Mijia (subsidiária de acessórios da fabricante chinesa) no Weibo, a grande novidade da pulseira é a tela colorida, função que não existe nos aparelhos anteriores. Caso isso se confirme, a Xiaomi seguirá suas concorrentes (como a Honor Band 3) com mais funcionalidades e menos dependência do smartphone.

A foto também indica que o modelo deixará de ter o botão de funções --uma tecla capacitiva (sensível ao toque) deve ser adotada. A dimensão do visor, pela imagem, deve ser maior.

Além disto, a descrição do teaser cita bateria de longa duração (vazamentos apontam um salto de 110 mAh para 135 mAh), preços acessíveis, alta personalização e recursos "exclusivos".

Vazamentos mostram a Mi Band 4, a nova pulseira inteligente da Xiaomi - Reprodução/MySmartPrice
Vazamentos mostram a Mi Band 4, a nova pulseira inteligente da Xiaomi
Imagem: Reprodução/MySmartPrice

Um sistema atualizado de frequência cardíaca e um Bluetooth 5.0 também são aguardados no novo modelo.

Xiaomi no Brasil

A fabricante chinesa abriu, no último fim de semana, sua primeira loja no Brasil no shopping Ibirapuera, em São Paulo. E o resultado foi promissor: fãs esperaram até 45 horas na fila, segundo informou a DL, empresa parceira da Xiaomi no Brasil.

Além disso, foi a terceira maior venda mundial dos produtos Xiaomi em inaugurações --atrás somente de eventos na China e Índia-- e a maior inauguração na América Latina.

A empresa não divulgou números gerais de vendas, mas disse que as 100 unidades do smartphone Mi 9, por exemplo, se esgotaram durante o evento: com preço de R$ 2,8 mil (bem diferente dos R$ 4 mil cobrados normalmente), os exemplares foram comercializados no início das operações.

Inauguração da loja da Xiaomi: loja estilo Apple - Bruna Souza Cruz/UOL
Inauguração da loja da Xiaomi: loja estilo Apple
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

A loja, no entanto, não mostrou só celulares: robô aspirador, câmeras de segurança, escova de dente elétrica, patinetes elétricos e headphones foram expostos ao público.

Eletrônicos (in)úteis, robôs e mais bugigangas...

Gadgets que queremos

Sabe as (boas) gambiarras tecnológicas que todos amam? Confira aqui

Leia mais

Produtos