Topo

Ô lokinho meu! Filtro de criança revive Snapchat no Brasil; veja como usar

Ma oêzinho! Freak le Boom Boomzinho! Glu glu ié iézinho! - Reprodução/Snapchat
Ma oêzinho! Freak le Boom Boomzinho! Glu glu ié iézinho! Imagem: Reprodução/Snapchat

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

11/05/2019 16h31

Resumo da notícia

  • Novo filtro do Snapchat transforma sua imagem à de uma criança
  • Você pode salvar a imagem e compartilhar em outras redes sociais
  • Isso pode revigorar Snapchat, pois muitos o trocaram pelo Instagram

Há muitos anos encontramos por aí aplicativos com filtros de rosto que usam inteligência artificial para transformar a imagem de um usuário adulto em uma criança. Eles mapeiam nossos rostos e fazem um tipo de harmonização facial digital, suavizando traços e aumentando olhos até você parecer um bebê esquisito. Agora o app da moda nesse sentido é um velho conhecido nosso: o Snapchat.

Pois é. Depois que o Instagram Stories canibalizou todo o público do Snapchat em vários países, como o Brasil, nos vimos obrigados a voltar para o app do fantasminha, pioneiro no formato de rede social com conteúdo audiovisual que some em 24 horas após a postagem.

Anônimos e celebridades têm viralizado nos últimos dias fotos de si mesmo crianças com uma reconstrução de rosto, na maioria do casos, bastante convincente. A fonte da brincadeira é um recente filtro de rosto do Snapchat que permite isso.

Reprodução/Snapchat
Imagem: Reprodução/Snapchat

Primeiro, (re) instale o app, faça login e depois siga os passos abaixo:

  • Na parte de baixo da tela, clique no ícone com um rostinho, próximo ao círculo maior de câmera
  • Aparecerão as opções de filtros de realidade aumentada. Procure por um com fundo amarelo, orelhinhas de urso e boca aberta. É o filtro certo. Espere uns segundos para ele entrar em ação no seu rosto, e depois clique no círculo para tirar a foto, ou segure por uns segundos para fazer um vídeo curto
  • Por fim, poste em seu perfil do Snapchat, no ícone da flecha (canto direito) ou Salve a imagem (em Salvar) para postá-la em outras plataformas, como o WhatsApp e o Instagram Stories (Mark Zuckerberg ficará feliz!)

Quando tentamos, tivemos um problema: o tal filtro não apareceu de primeira. Comparando com o Snapchat de uma colega de redação, percebemos que nem todo mundo parece ter os mesmos filtros. Mas assim como no Instagram Stories, saiba que filtros adicionais podem ser obtidos com outros usuários do Snapchat.

Reprodução/Snapchat
Imagem: Reprodução/Snapchat

Para isso, fomos na opção "Descubra" (no canto direita, na primeira imagem acima) e procuramos algum usuário que usou o filtro nas últimas horas. Achamos com o snap:pedrinho, e em seu Snap de bebê trazia a opção "Experimentar lente". Foi só clicar nisso e o filtro de criança passou a aparecer entre as nossas opções. Você pode fazer o mesmo, mas procurando em outros usuários --afinal, o resultado vai depender de quais snaps estarão ativos no momento da sua busca.

De qualquer forma, fique ligado: o próprio Snapchat avisa que nem todos os filtros funcionam em todos os aparelhos e podem variar conforme o período ou o local de atuação. Faça o teste no seu celular para ver no que dá.

Não sabemos se esse filtro armazena dados físicos sobre nós do mesmo jeito que os testes de Facebook realizados por empresas terceiras do tipo "Como você seria como cachorro". Uma pequena diferença a ser dita aqui é que o Snapchat, até o momento, não tem um histórico de abuso de dados, enquanto o Facebook vem demonstrando o oposto disso há mais de um ano.

O filtro pega carona em um meme que bombou nos últimos dias: o "O lokinho meu", onde alguém pegou uma foto do apresentador da TV Fausto Silva e o recriou na versão mirim com algum app desses. Muitos usaram a imagem como sticker do WhatsApp.

Vamos ver se isso será suficiente para convencer as pessoas a voltar de vez ao Snapchat. Em fevereiro, o número de usuários diários ativos atingiu um pico de 191 milhões no primeiro trimestre do ano passado, e em dezembro último esse número caiu um pouco, para 186 milhões.

A empresa também estancou uma queda nos usuários de aparelhos da Apple e recebeu avaliações favoráveis de analistas para um novo aplicativo para Android.

Ainda assim, seu principal rival infelizmente está anos-luz à frente. O Instagram Stories tem um número atual de cerca de 500 milhões de usuários diários ativos.

Mais Dicas de tecnologia