Topo

Quem vai morrer em "Game of Thrones"? Algoritmo aponta as prováveis vítimas

Pesquisadores usaram dados de mortes que ocorreram ao longo de toda a série - Divulgação
Pesquisadores usaram dados de mortes que ocorreram ao longo de toda a série Imagem: Divulgação

Renan Dionisio

Colaboração ao UOL, em São Paulo

15/04/2019 16h40

A oitava - e última! - temporada de "Game of Thrones" estreou no domingo (14) e, depois do primeiro episódio, começaram as semanas de especulações sobre quem vai sobreviver à invasão do Rei da Noite em Westeros. Buscando responder essa pergunta, estudantes da Universidade Técnica de Munique (TUM) desenvolveram um algoritmo que calcula a probabilidade de morte dos personagens.

Se você não quer criar expectativas do que pode pintar de agora em diante na série, é melhor não ler o que vem a seguir.

O código funciona com dados usados em tratamentos médicos e seguro de vida. Na vida real, seriam usadas informações como se a pessoa fuma e se pratica atividades físicas. No caso de "Game of Thrones", as informações mais relevantes são a qual casa a pessoa pertence, se é casado e quem são seus aliados.

Os estudantes usaram como base a série de TV, os livros de George R.R. Martin e Wikis mantidos por fãs para buscar o maior número de dados possível de mais de 100 personagens. Dentro do universo de "Game of Thrones", eles buscaram informações como gênero, localização e se o personagem é principal ou secundário.

Esses dados revelaram algumas curiosidades sobre a mortalidade do universo de Game of Thrones. Ser homem, por exemplo é mais perigoso do que ser mulher - 22% deles morrem, contra 11% de mulheres. Outra tendência é que membros de algumas casas vivem mais do que outras, com base na ascendência em Westeros. Os Baratheon têm uma probabilidade 5% maior de morrer, enquanto um Lannister tem uma probabilidade de sobrevivência de 45%.

Para chegar a esses mesmos resultados, porém, em personagens individuais, a equipe de estudantes analisou os dados baseando-se em dois diferentes modelos: o primeiro com uma abordagem estatística mais direta, conhecida como Interferência Bayesiana, que consiste na avaliação de hipóteses pela maior verossimilhança, e o segundo usando aprendizado de máquina e redes neurais - dados são apresentados as máquinas para que elas aprendam sozinhas.

Baseando-se em todos esses métodos e pesquisas de dados, os personagens com maior chance de sobrevivência são... suspense... Daenerys Targaryen com 99% e, logo atrás, Tyrion Lannister, mão da rainha, com 97,5%. Jon Snow, que descobriu recentemente sua verdadeira identidade, tem 88% de chance de sobreviver, menos que o amigo Samwell Tarly (96,8%) e o recém-chegado ao norte Jaime Lannister (96%)

Na outra ponta da lista, o ex-mercenário e atual Sor Bronn aparece com 94% de chances de morrer, seguido por Gregor Clegane, o Montanha, com 80,3% de chances de morte. Os sobreviventes da família Stark não estão bem cotados, com Sansa na situação mais delicada (73,3% de chance de morte), seguida de Bran (57,8%) e Arya (47%).

Para saber sobre os outros personagens, você pode acessar o site onde estão todas as informações.

Está duvidando do método? Em 2016 o mesmo grupo de estudantes criou um modelo parecido, que deu como quase certa a morte de cinco personagens: Tommen Baratheon (97%), Stannis Baratheon (96%), Daenerys Targaryen (95%), Davos Seaworth (91%) e Petyr Baelish (91%). A maioria dessas previsões se realizou. Tommen Baratheon, Stannis Baratheon e Petyr Baelish não sobreviveram.

No caso de Daenerys, o pesquisador Christian Dallago disse à Wired que "Daenerys tem atualmente apenas 0,9% de chances de morrer, mas três anos atrás ela tinha 95%. Desde aquela temporada, George R.R. Martin perdeu o controle e outros roteiristas que estão escrevendo. Isso é um pouco diferente da intenção original e isso afetou os dados".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Inteligência artificial