Topo

LG K12+ é quase básico, mas que ganha pontos pela câmera inteligente

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

03/04/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Celular da LG traz inteligência artificial de linha top para intermediário básico
  • Qualidade das fotos varia, mas IA ajuda a melhorar resultados em sete tipos de cena
  • Bateria do K12+ é boa, assim como os recursos de vídeo e áudio do celular

Inteligência artificial para ajudar na hora de tirar fotos com o celular não é necessariamente uma novidade, mas recém-lançado LG K12+ traz este recurso para um smartphone intermediário. O preço disso? R$ 1.199,00. Aí você se pergunta: vale a pena?

O K12+ é o novo representante da família mais barata de celulares da LG e chegou para suceder ao K11+, que foi lançado no meio do ano passado. Pelo preço de lançamento, o K12+ qualifica como um celular intermediário de entrada, patamar que tem como representante mais conhecido o Galaxy J7 Prime 2.

A diferença desse novo celular da LG é que ele tem capacidades que até o ano passado não faziam parte dessa categoria. Tanto a câmera traseira do K12+, de 16 MP, quanto a frontal, de 8 MP, identificam o ambiente das fotos e fazem ajustes automáticos. A LG diz que o celular detecta oito tipos diferentes de cenas, mas, na prática, são sete - o oitavo é o "automático". As demais são fotos de animais, pessoas, alimentos, flores, paisagens, cidade e do pôr do sol. De todas as opções, a única que não cheguei a ver foi a de pôr do sol, mas as demais foram rapidamente identificadas.

Certos ajustes ficam melhores do que outros. As fotos a seguir mostram a comparação entre a foto de um prato de comida e a do meu cachorro. Nos dois casos, as cores são reforçadas pela inteligência artificial, mas isso funciona melhor para a foto dos alimentos.

Saturação é reforçada pela inteligência artificial em fotos de alimentos - UOL
Saturação é reforçada pela inteligência artificial em fotos de alimentos
Imagem: UOL

Inteligência artificial identifica animais e faz ajustes à foto - UOL
Inteligência artificial identifica animais e faz ajustes à foto
Imagem: UOL

E sem a inteligência?

O funcionamento normal das câmeras é decente, mas não impressiona em nenhum momento. A que mais me agradou foi a frontal, que tirou bons retratos e tirou selfies relativamente boas em ambientes escuros. Para quem curte uma selfie, o K12+ tem um ótimo recurso, que é o flash ajustável em quatro níveis de intensidade.

Selfies no escuro não são perfeitas, mas saem decentes - UOL
Selfies no escuro não são perfeitas, mas saem decentes
Imagem: UOL

Selfies com claridade e no modo retrato ficaram ótimas - UOL
Selfies com claridade e no modo retrato ficaram ótimas
Imagem: UOL

Já a câmera principal variou entre fotos de qualidade regular e boa, mas em geral ela deixa a desejar --como a maioria dos celulares da categoria. Quando usei a câmera durante o dia, com bastante sol, a imagem ficou um pouco desequilibrada por causa da iluminação intensa. De noite ou no escuro, foi difícil tirar uma foto que não ficasse tremida --as melhores saíram quando tinha uma fonte de luz bem forte por perto.

Câmera principal teve dificuldades para equilibrar cenas com claridade intensa - UOL
Câmera principal teve dificuldades para equilibrar cenas com claridade intensa
Imagem: UOL

Câmera do K12+ não funciona bem no escuro - UOL
Câmera do K12+ não funciona bem no escuro
Imagem: UOL

Os melhores resultados vieram em fotos feitas em ambientes fechados, mas com boa iluminação artificial, inclusive quanto fotografei pessoas em movimento. Em ambientes abertos, com pouca claridade, também tirei boas fotos.

Celular tirou ótimas fotos em ambientes com boa iluminação artificial - UOL
Celular tirou ótimas fotos em ambientes com boa iluminação artificial
Imagem: UOL

Sem uma fonte de luz exagerada, K12+ faz boas fotos durante o dia - UOL
Sem uma fonte de luz exagerada, K12+ faz boas fotos durante o dia
Imagem: UOL

Design quase de top

Ano passado, nós testamos o LG G7 ThinQ, que também chamou a atenção pela inteligência artificial na câmera. Comparando o top de linha da fabricante sul-coreana com o K12+, esse recurso da câmera veio como herança, mas não foi a única.

O visual dos dois smartphones é bem semelhante, seja nas dimensões, no acabamento das laterais, no posicionamento da câmera e do sensor de digital. A principal diferença está na frente, pois o K12+ tem bordas maiores e não possui um entalhe.

Outra característica em comum entre os dois celulares é que o K12+ também tem um botão extra para acionar o Google Assistente - a LG realmente apostou em inteligência artificial para o modelo.

Celular confiável

Para nossos hábitos modernos, que chegam a uma quase dependência do smartphone, é péssimo quando o celular nos deixa na mão. Depois de usar o K12+ por mais de uma semana, posso dizer que a bateria dele deu conta do recado com tranquilidade, inclusive em um fim de semana em que eu mal carreguei o celular entre sábado e domingo.

Está na dúvida? Confira os nossos reviews dos celulares

Leia mais

Nos dias que eu mais mexi no K12+, alternando redes sociais, o navegador, podcasts, vídeos e aplicativos tipo Waze ou Google Maps, cheguei em casa com a carga pouco abaixo dos 20%.

A bateria do celular tem 3.000 mAh, o que está na média de dispositivos atuais. O único ponto negativo sobre ela foi o tempo de carga, que para ir do zero até o 100% foi mais de três horas e meia.

O K12+ também correspondeu em termos de desempenho, mas teve alguns soluços no meio do caminho. O smartphone tem um processador de oito núcleos e 2.0 GHz, além de 3 GB de RAM. Não tive problemas para realizar a maioria das tarefas do dia a dia, porém o celular apresentou lentidão em dois momentos.

Um deles foi quando eu estava usando o Instagram e mal conseguia sair dos Stories, porque tudo ficou em câmera lenta. A outra ocasião em que o K12+ apresentou lentidão foi digitando mensagens longas no WhatsApp, Essa última não incomodou, só chamou a atenção, mas a do Instagram foi chata e exigiu que eu reiniciasse o aplicativo.

Bom para quem curte vídeos

O K12+ tem uma tela de 5,7 polegadas com resolução HD+, o que é ok pros padrões atuais e para categoria do celular. Quando você abre um vídeo no YouTube ou Netflix, ele preenche a tela de ponta a ponta, o que é uma diferença para outros celulares contemporâneos que usam entalhes e deixam tarjas pretas nos dois cantos da imagem.

A experiência é ainda melhor se você usa o DTS:X 3D, um que melhora o som da maioria dos vídeos que você for assistir, passando aquela sensação surround nos seus fones. Para aproveitar essa função, no entanto, você vai precisar de um fone melhor do que o que vem junto com o celular, que é bem basiquinho.

Conhecer as funções da câmera do seu celular pode fazer diferença nas suas fotos

Entenda
Sem nenhum fone, o K12+ tem uma caixa de som potente, o que é mais uma das semelhanças do celular com o top G7.

Por fim, eu não curti muito a usabilidade do K12+, que é comprido demais para o meu gosto. Como alguém que usa muito o celular com uma só mão, o tamanho da tela não é confortável para navegar. Um exemplo que eu gosto de usar é o dos Stories do Instagram, que eu não conseguia acessar segurando o K12+ só com a mão direita ou esquerda.

O contraponto disso é que o novo celular da LG é leve e resistente, porque deixei ele cair algumas vezes e nenhuma delas resultou em risco ou em algum tipo de dano.

Minha avaliação é que a LG lançou um celular bem competente para o uso que a pessoa média vai ter no dia a dia, que não impressiona em nada além do som. O K12+ traz recursos úteis que os concorrentes mais baratos que estão no mercado não tinham, o que faz dele uma boa pedida para quem quer essas novidades.

Mas, se você está com pressa, espere alguns meses que esses R$ 1.199 do lançamento devem diminuir rapidinho. Afinal, o K11+ saiu há oito meses com o mesmo preço e já pode ser encontrado na casa dos R$ 600.

Direto ao ponto: LG K12+

  • Tela: 5,7 polegadas HD+
  • Sistema operacional: Android 8.1 Oreo
  • Processador: MediaTek 6762 (2.0 GHz)
  • Câmera: 16 MP (traseira) e 8 MP (frontal)
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Pontos positivos: Inteligência artificial das câmeras e bateria
  • Pontos negativos: Usabilidade e ocasionais lentidões

Review