Topo

Que perigo! Sala é incendiada após celular na tomada pegar fogo

Cadeira de uma sala comercial em Cuiabá é destruída após celular na tomada pegar fogo  - Divulgação/Corpo de Bombeiros do Mato Grosso
Cadeira de uma sala comercial em Cuiabá é destruída após celular na tomada pegar fogo Imagem: Divulgação/Corpo de Bombeiros do Mato Grosso

Luiza Ferraz

Colaboração para o UOL

22/03/2019 18h13

Resumo da notícia

  • Uma sala comercial em Cuiabá foi atingida por um incêndio
  • Corpo de Bombeiros acredita que o culpado seja um celular
  • Ele estava ligado à tomada e foi deixado sobre uma cadeira

Largar o celular carregando e ir fazer qualquer outra coisa pode ser mais perigoso do que você imagina. Uma sala comercial foi destruída por um incêndio na noite desta quinta-feira (21) em Cuiabá. A causa do fogo pode ter sido um celular deixado em cima de uma cadeira enquanto estava conectado à tomada, segundo o Corpo de Bombeiros local.

Como o prédio contava com um sistema de segurança para prevenção de incêndios, o fogo foi apagado rapidamente e ninguém ficou ferido. As instalações da sala sofreram grandes prejuízos, mas o mesmo não pode ser dito da cadeira nem do celular, que foram destruídos pelas chamas.

O ocorrido, no entanto, levanta alerta para um hábito comum entre as pessoas hoje em dia: esquecer o carregador plugado na tomada sem uso, ou abastecer o aparelho em um ambiente sem supervisão.

"O ideal é não colocá-los sobre superfícies que possam propagar chamas, como mesas de madeira, rack e, principalmente, na cama quando se está dormindo", aconselhou o Tenente Frank Marcelino da Costa, responsável pela ronda.

O Corpo de Bombeiros do Mato Grosso ainda pede para que as pessoas não se ausentem quando o dispositivo estiver carregando e que o retire da energia assim que der o limite do abastecimento.

"Essa não é a primeira vez que nos deparamos com ocorrências desse tipo, e não só com celular, mas com eletrodomésticos também, até envolvendo óbito", disse o oficial.

Deixe fora da tomada

Especialistas fazem recomendações de como evitar que cenas como essa se repitam. Uma delas é examinar a qualidade do fio dos carregadores e até a autenticidade dos produtos, que pode aumentar o risco de incêndio. É preferíveis usar acessórios originais a equipamentos piratas.

"O [carregador] original só fornece energia se está conectado [ao dispositivo]. Os outros não têm nenhuma proteção", afirmou João Carlos Lopes Fernandes, professor de engenharia elétrica e de computação do Instituto Mauá de Tecnologia.

Mas nem sempre os culpados são os carregadores. Muitas vezes o problema está na rede elétrica do próprio local. Caso esteja desgastada, pode gerar acidentes como o da sala comercial mato-grossense.

Independentemente de qual seja a causa do acidente, o recomendando é sempre deixar carregadores fora da tomada. "Isso é risco de vida (...) A cara dele [carregador] pode ser igual, mas o que ele faz não é", avisou João Carlos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Segurança