PUBLICIDADE
Topo

#chatiado: Nicolas Cage não curte memes sobre ele e quer que você pare

Nicolas Cage, em cena de "Mandy", seu novo filme - Reprodução
Nicolas Cage, em cena de 'Mandy', seu novo filme Imagem: Reprodução

Helton Simões Gomes

Do UOL, em São Paulo

19/09/2018 14h52

Se você topa com algum meme do ator Nicolas Cage fazendo caras e bocas sempre que alguém quer demonstrar indignação com alguma situação, saiba que ele não gosta nada disso e fica bem #chatiado.

Ele acha “frustrante” ver todo filme de que participa ser alvo de uma onda do que classificou de “memificação”. É claro que isso já está acontecendo com seu mais novo filme, “Mandy”, uma história que mistura ação e horror e coloca, mais uma vez, Cage no centro dos holofotes. E, claro, ajuda a ampliar ainda mais o estoque de memes que usam a imagem do ator.

VEJA TAMBÉM:

O trailer do filme já dá mostras do que você vai ver por aí -- nas telonas ou na internet. Um Cage coberto de sangue e louco de raiva sofre a perda de sua vida. Isso porque, no filme, ele interpreta Red Miller, um homem que caça uma seita religiosa responsável por matar sua namorada de forma violenta. Pelo enredo, você já deve imaginar que o rol de memes mostrando um Cage bem bravo ou com cara de maluco estão prestes a ganhar novos integrantes.

Em entrevista ao site “Indie Wire” por ocasião do lançamento do novo longa, que estreou na semana passada nos EUA, o próprio Cage teoriza sobre a origem desses memes.

“Com o advento da internet, fazer essas misturas, em que eles selecionam momentos sem o contexto do filme todo em volta deles, tem criado essa ‘memeficação’. Isso tem sido estigmatizado como ‘Ira de Cage’ (Cage Rage, no inglês) e é frustrante”, comenta.

Ele acha ainda que a onda de memes sobre ele pode atrapalhar a divulgação do filme e os planos de continuar trabalhando com Panos Cosmatos, diretor e roteirista de “Mandy”.

“Eu tenho certeza que é frustrante para Panos, que fez o que eu considero um trabalho bastante lírico e poético, e ter essa tal de ‘Ira de Cage’ atingir todo o filme. Eu gostaria de pensar que poderia continuar a trabalha com Panos, mas a internet fez uma espécie de desserviço para o filme.”