PUBLICIDADE
Topo

Black Friday no Brasil começa com instabilidade nos sites de compras

Lucas Lima/UOL
Imagem: Lucas Lima/UOL

Do UOL, em São Paulo

27/11/2015 14h37Atualizada em 27/11/2015 19h08

Alguns sites de compras brasileiros não conseguiram dar conta do pico de acessos simultâneos de internautas em buscas dos descontos da Black Friday, da madrugada de quinta para sexta-feira (27). A data ocorre anualmente na última sexta-feira de novembro, após o Dia de Ação de Graças norte-americano.

Entre as empresas citadas com problemas estavam a Fast Shop, Kabum e Submarino:

Internautas também criticaram o Buscapé, que compara preços e produtos, que na madrugada apresentou instabilidade e demora para carregar a página principal.

A reportagem do UOL percebeu instabilidade no Buscapé no final da manhã, mas uma hora depois, o acesso parecia ter normalizado. Os demais sites aqui citados também estavam funcionando normalmente no início da tarde.

A assessoria do Buscapé confirmou que o volume de acessos ao site cresceu neste início da Black Friday, "o que ocasionou uma instabilidade que foi resolvida pela sua equipe técnica". O Submarino diz que não houve instabilidade no site e que opera normalmente.

A Fast Shop afirmou que efetuou testes no sistema de seu site e não foram detectados problemas, mas os consumidores que experimentarem dificuldades podem pedir ajuda nos números de televendas 3003-3278 (capitais e regiões metropolitanas) e 3232-3100 (demais localidades) ou nas lojas físicas.

O Kabum não respondeu à reportagem do UOL até o momento.