PUBLICIDADE
Topo

Venda de tablets Android deve superar iPad pela primeira vez em 2013

Galaxy Note 8, da Samsung, tem tela de 8 polegadas e custará cerca de R$ 1.500 no Brasil  - Derek Sismotto/UOL
Galaxy Note 8, da Samsung, tem tela de 8 polegadas e custará cerca de R$ 1.500 no Brasil Imagem: Derek Sismotto/UOL

Do UOL, em São Paulo

12/03/2013 14h23

As vendas do iPad ficarão pela primeira vez, ainda neste ano, abaixo das de tablets com o sistema operacional Android. A previsão da consultoria IDC tem como cenário a oferta de muitos aparelhos com telas em diferentes tamanhos e preços competitivos, que atendem à demanda de mais consumidores.

As vendas do iPad, desenvolvido pela Apple, devem representar 46% do mercado em 2013 ante 51% no ano passado, segundo a IDC. Aparelhos Android, sistema criado pelo Google, devem ampliar sua participação de 41,5% para 48,8% no mesmo período.

A IDC também elevou sua previsão sobre vendas de tablets neste ano, de 172,4 milhões para 190,9 milhões de unidades. Em 2017, o número deve chegar a 350 milhões. No ano passado, as vendas de tablets cresceram para 128,3 milhões de aparelhos, ante 72 milhões em 2011.

Tablet x leitor digital: qual o melhor para ler e-books?

"Um em cada dois tablets vendidos neste trimestre tem tela abaixo de 8 polegadas. Esperamos que tablets de tamanho menor continuem aumentando as vendas em 2013 e além disso", disse a IDC em comunicado à imprensa.

Os tablets que utilizam a plataforma Windows 8 aumentarão sua participação, de 1% no ano passado para 7,4% em 2017.

E-readers
A maior oferta de tablets com preços competitivos atrapalha a venda de leitores digitais – eletrônicos que funcionam, basicamente, como plataforma para leitura de e-books. Em 2011, foram 26,4 milhões de unidades vendidas. Em 2012, 18,2 milhões. Em 2013 e 2014, segundo a IDC, esse número deve crescer “modestamente”, ante de começar um declínio permanente e gradual em 2015. 

(Com Reuters)