PUBLICIDADE
Topo

Oracle transfere sede da Califórnia para o Texas

12/12/2020 04h01

San Francisco, 11 dez (EFE).- A Oracle, segunda maior empresa de software do mundo, anunciou nesta sexta-feira a transferência de sua sede na região do Vale do Silício, no estado da Califórnia (EUA), para Austin, no Texas, seguindo os passos de várias outras empresas e personalidades da indústria de tecnologia.

A empresa, fundada em 1977 por Larry Ellison e que atualmente emprega 6.500 pessoas na californiana Redwood City, informou sobre a mudança aos reguladores de títulos dos Estados Unidos.

"Acreditamos que isso nos posiciona melhor para crescer e fornecer ao nosso pessoal mais flexibilidade sobre onde e como trabalham. Dependendo de sua posição, muitos de nossos funcionários poderão escolher em que escritório querem trabalhar ou se querem continuar trabalhando de casa em tempo parcial ou integral", disse a Oracle.

Apesar da mudança, a empresa se comprometeu a "continuar a apoiar" suas operações em Redwood City e em outras cidades dos EUA, como Santa Monica, também na Califórnia, além de Seattle, em Washington; Denver, no Colorado; Orlando, na Flórida; e Burlington, em Vermont.

Desde o início da pandemia de covid-19, várias empresas e executivos do setor de tecnologia deixaram o Vale do Silício, pois o trabalho remoto permitiu que eles se mudassem para lugares com um custo de vida muito mais baixo, menos pressão fiscal e regulamentações menos rígidas.

Este foi o caso de empresas como Hewlett Packard, McKesson e Charles Schwab, assim como o CEO da Tesla e fundador da SpaceX, Elon Musk, que ainda nesta semana revelou que estava deixando sua residência na Califórnia e se mudando para o Texas.