Topo

Assistente melhorado e robô doméstico: Amazon quer entrar de vez nas casas

Amazon Echo deve ganhar nova versão mais potente - Divulgação
Amazon Echo deve ganhar nova versão mais potente Imagem: Divulgação

Mark Gurman

13/07/2019 11h36

A Amazon está desenvolvendo uma versão de maior qualidade do alto-falante com comando de voz Echo e acelerando os trabalhos no robô doméstico.

A companhia espera lançar o novo Echo no ano que vem, segundo pessoas com conhecimento do produto. Os protótipos do alto-falante cilíndrico são mais largos que o Echo atual para que caibam componentes adicionais, incluindo pelo menos quatro tweeters (peças específicas para sons mais agudos), informaram as pessoas, que pediram anonimato porque o assunto é interno.

Por sua vez, o robô, cuja criação já tinha sido noticiada pela Bloomberg, tem rodinhas e pode ser controlado por comandos de voz usados com a assistente virtual Alexa, disseram as pessoas.

Os dois dispositivos estão sendo desenvolvidos na divisão de pesquisa Amazon Lab126, em Sunnyvale, na Califórnia. As investidas em hardware mantêm clientes dentro do ecossistema da empresa - comprando produtos da Amazon.com e utilizando serviços como Prime Video e Prime Music.

O Echo, lançado em 2015, terá 63% do mercado nos EUA neste ano, segundo a EMarketer, mas perdeu espaço para Sonos One, HomePod (da Apple) e Google Home Max - que insistem que entregam qualidade de áudio superior à do Echo. O produto do Google agora domina 31% desse mercado e os demais juntos têm 12%. As vendas do HomePod não vão tão bem quanto a Apple esperava e seu preço foi reduzido recentemente.

A Amazon já havia tentado ajustes para melhorar a qualidade de som do Echo e ofereceu um subwoofer (para sons graves) separado e um dispositivo que liga os alto-falantes a um sistema estéreo. Segundo a Music Business Worldwide, a Amazon também planeja uma versão de alta fidelidade no serviço de música, que deve se integrar melhor ao novo Echo.

Ainda assim, existe a possibilidade de a Amazon não ir adiante com a versão mais sofisticada do Echo.

A gigante sediada em Seattle, no Estado de Washington, costuma lançar produtos no quarto trimestre, mas às vezes faz lançamentos individuais ao longo do ano. Ainda em 2019, a Amazon pretende começar a vender fones de ouvido sem fio, controlados por voz para concorrer com os AirPods, da Apple, segundo reportagem publicada pela Bloomberg em abril. A linha Echo também passará por pequenas atualizações no quarto trimestre, de acordo com as pessoas.

Uma porta-voz da Amazon não quis comentar.

Inicialmente, o plano era apresentar o robô - conhecido internamente como "Vesta" - neste ano, mas a máquina não está pronta para produção em massa, segundo essas pessoas. A Amazon ainda pode decidir não lançar o robô, mas, nos últimos meses, deslocou engenheiros de outros projetos para trabalhar nele -- sinal de que pretende colocar o Vesta no mercado em algum momento.

Não se sabe exatamente quais tarefas o robô da Amazon será capaz de executar. Pessoas a par do projeto especularam no ano passado que o Vesta poderia atuar como Alexa móvel, acompanhando os usuários por cômodos da casa onde não haja aparelhos Echo.

De acordo com as pessoas com conhecimento do projeto, os protótipos têm cerca de um metro de altura e se locomovem com ajuda de diversas câmeras. Em uma demonstração interna, um engenheiro usou a voz para chamar a máquina.

A Amazon jamais se pronunciou publicamente sobre o Vesta, mas, um ano atrás, o presidente da companhia, Jeff Bezos, postou no Instagram a foto de um alto-falante Echo colado com fita adesiva a um aspirador de pó inteligente da marca Roomba.

"O quê?!!!!", ele escreveu. "Encontrei isso na sala quando cheguei em casa. Não faço ideia. #VidaComQuatroFilhos."

Inovação