PUBLICIDADE
Topo

Alternativa russa ao YouTube, Rutube sai do ar após ciberataque

Em Moscou

10/05/2022 08h48

A plataforma russa de vídeos Rutube, que busca competir com o gigante americano YouTube, ficou fora do ar nesta terça-feira (10), depois de sofrer "o maior ciberataque" da sua história - informou a empresa em comunicado.

"Na verdade, sofremos o maior ciberataque da história do Rutube", disse a empresa em comunicado divulgado no Telegram, ressaltando que o restabelecimento do acesso à plataforma levará mais tempo do que os engenheiros calcularam inicialmente.

Na tela inicial do portal, via-se um fundo preto com uma mensagem em letras brancas, alertando: "Os trabalhos de manutenção estão em curso. Este site foi atacado. No momento, a situação está sob controle e os dados do usuário estão salvos".

De acordo com o Rutube, o portal está fora de serviço desde segunda-feira, dia em que a Rússia celebrou com grande pompa o Dia da Vitória, que comemora a derrota dos nazistas em 1945, com um discurso justificando a invasão da Ucrânia.

A plataforma atribuiu o ataque aos mesmos "hackers" que "atacam constantemente os portais de instituições públicas russas nos últimos dois meses", desde o início da ofensiva russa, em 24 de fevereiro.

Ontem, veículos da imprensa ucraniana publicaram fotos mostrando que "hackers" conseguiram sabotar a transmissão de várias emissoras russas. Em uma delas, aparece um rótulo com a mensagem: "o sangue de milhares de ucranianos e de centenas de seus filhos está em suas mãos. A televisão e as autoridades mentem. Não à guerra".