PUBLICIDADE
Topo

Juiz dos EUA cancela importante concessão de petróleo e gás

28/01/2022 07h06

Washington, 28 Jan 2022 (AFP) - Um juiz americano cancelou, nesta quinta-feira (28), uma concessão para exploração de petróleo e gás em uma área de mais de 32 milhões de hectares no Golfo do México, depois que grupos ambientalistas processaram o governo de Joe Biden para interromper o contrato.

O juiz federal Rudolph Contreras declarou os contratos existentes inválidos, alegando que o Departamento do Interior não considerou de forma adequada o impacto da mudança climática da concessão.

Segundo a decisão, o juiz afirma que o governo usou análises obsoletos para calcular os efeitos da exploração no meio ambiente e que as autoridades devem usar novos modelos, com dados atualizados.

Em agosto passado, o governo Biden anunciou sua intenção de vender os direitos de exploração nesta área do Golfo do México, uma decisão criticada por ativistas ambientais que denunciaram sua incongruência com a política da atual administração de luta contra a mudança climática.

Uma coalizão de vários grupos ambientalistas decidiu, então, recorrer à Justiça para anular a venda.

led/ybl/caw/bfm/an/pc/tt