PUBLICIDADE
Topo

China se prepara para pousar robô teleguiado em Marte

China batizou seu rover marciano como Zhurong - Reprodução
China batizou seu rover marciano como Zhurong Imagem: Reprodução

Da AFP, em Pequim

14/05/2021 08h02

A China se prepara, nesta sexta-feira (14), para tentar pousar em Marte um pequeno robô teleguiado, em uma operação especialmente complexa que reflete as ambições espaciais deste gigante asiático.

Em julho passado, a China lançou sua sonda "Tianwen-1" em direção a Marte, que levou sete meses para percorrer os 55 milhões de quilômetros até o Planeta Vermelho. Esta distância equivale a 1.400 voltas da Terra.

A sonda, que chegou à órbita de Marte em fevereiro, é composta de três elementos, incluindo um aterrissador que pousará nas próximas horas.

O módulo permitirá que um robô teleguiado, chamado "Zhurong" (deus do fogo, na mitologia chinesa), saia para analisar a superfície do planeta.

Nenhuma data, ou horário, específicos foram divulgados oficialmente, embora a agência espacial chinesa (CNSA) tenha mencionado, inicialmente, uma possível chegada entre meados de maio e meados de junho.

Nesta sexta-feira, informou-se que a operação deve ocorrer entre "a manhã de 15 de maio e 19 de maio".

A expectativa é grande nesta sexta, após o anúncio, de um renomado especialista, de que o robô teleguiado pousará em Marte neste sábado (15) pela manhã.

O diretor do programa de exploração lunar, Ye Peijian, prevê que o módulo pousará às 7h11 de sábado, horário de Pequim (20h11 desta sexta em Brasília), conforme a imprensa chinesa.

Se esta operação for bem-sucedida, o robô permitirá estudar a composição das rochas do Planeta Vermelho.