PUBLICIDADE
Topo

Japão eleva meta de redução de emissões de dióxido de carbono até 2030

22/04/2021 07h12

Tóquio, 22 Abr 2021 (AFP) - O Japão aumentou a meta de redução de emissões de dióxido de carbono (CO2) para 46% até 2030, contra 26% previstos até agora, anunciou o primeiro-ministro Yoshihide Suga.

"Queremos reduzir nossas emissões de gases do efeito estufa em 46% até o ano fiscal de 2030 (que começa em 1 de abril de 2030) na comparação com o ano fiscal de 2013", declarou Suga durante uma reunião.

]O novo objetivo da terceira maior economia mundial foi divulgado poucas horas antes de uma reunião sobre o clima, organizada pelos Estados Unidos e que acontecerá de maneira virtual. Durante o encontro deve ser estabelecida uma nova meta global mais ambiciosa de redução das emissões responsáveis pela mudança climática.

Em 2019, o Japão era o quinto país que emitia mais CO2 no mundo, atrás da China, Estados Unidos, Índia e Rússia, de acordo com a plataforma on-line Global CO2 Atlas.

O país continua sendo muito dependente das energias fósseis (principalmente gás natural e carvão), e mais ainda desde que limitou o uso da energia nuclear após a catástrofe de Fukushima, em 2011.

oh-si-etb/ras/pz/bl/zm/fp