PUBLICIDADE
Topo

Grandes momentos dos Estados Unidos no espaço

25/05/2020 14h00

Paris, 25 Mai 2020 (AFP) - Entraram para a história levando os primeiros homens à lua em 1969: esses são os grandes momentos dos voos tripulados dos Estados Unidos no espaço.

Interrompidos há nove anos, serão retomados em 27 de maio com o lançamento de dois astronautas americanos para a Estação Espacial Internacional (ISS), a bordo de uma nave da sociedade privada SpaceX.

- Primeiro astronauta dos EUA no espaço -Estados Unidos foi ultrapassado pela URSS que enviou o primeiro homem ao espaço, Yuri Gagarin, em 12 de abril de 1961. Mas conseguiu imitar em parte o feito quando o americano Alan Shepard realizou um voo suborbital menos de um mês mais tarde, em 5 de maio, como parte do programa Mercury, iniciado pela então jovem agência espacial dos EUA, NASA.

Alguns meses depois, o presidente John F. Kennedy prometeu enviar um americano à lua antes do fim da década.

John Glenn seria o primeiro americano a orbitar a Terra em 20 de fevereiro de 1962, em um voo de pouco menos de cinco horas.

- Primeiros passos na lua - A NASA iniciou o programa Apolo com a ambição de conquistar a lua.

As seis primeiras missões não foram tripuladas e as quatro seguintes permitiram testar o material e as manobras. Apolo 11 seria a missão que pousaria na Lua.

"Um pequeno passo para o homem, um grande passo para a humanidade". A famosa frase de Neil Armstrong, comandante da missão, foi transmitida ao vivo para o mundo todo quando colocou o pé na Lua, às 02h56 GMT de 21 de julho de 1969. A ele se somou depois Edwin "Buzz" Aldrin, enquanto seu companheiro Michael Collins permaneceu em órbita lunar.

Outras cinco missões Apolo levaram dez homens à Lua, antes do fim do programa em dezembro de 1972.

- Explosões de Challenger e Columbia -Em 1972, o presidente Richard Nixon decidiu lançar o programa de ônibus espaciais. O primeiro voo, Columbia, ocorreu em 12 de abril de 1981.

Sally Ride foi a primeira americana a ser enviada ao espaço, em junho de 1983, a bordo do ônibus espacial Challenger.

No voo 25º, em 28 de janeiro de 1986, o ônibus espacial Challenger explorou 73 segundos após seu lançamento, causando a morte de seus sete tripulantes.

Os voos foram retomados em 1988, com o Discovery.

Em 1990 é implantado o Hubble, primeiro telescópio espacial que revolucionou a astronomia. Com a construção da ISS iniciada em 1998 - projeto de US$ 100 bilhões financiado em grande parte pelos Estados Unidos - os ônibus espaciais americanos iniciaram sua missão mais importante.

Os lançamentos de ônibus espaciais tornaram-se rotineiros, mas uma nova catástrofe ocorreu em 1 de fevereiro de 2003. Columbia se desintegrou no retorno à atmosfera, matando seus sete tripulantes.

- Voos tripulados suspensos -Em 2004, o presidente George W. Bush decidiu colocar um ponto final na corrida de ônibus espaciais até 2010, o tempo necessário para finalizar a construção da ISS. Após 30 anos de serviço, o último voo ocorreu em julho de 2011.

Desde então, a NASA recorreu aos Soyuz russos para levar seus astronautas à ISS.

O presidente Barack Obama anulou em 2010 o programa Constellation de retorno à Lua. Anunciou o objetivo de colocar astronautas em órbita de Marte até 2035 e desenvolver foguetes comerciais para transportar astronautas americanos à ISS.

Seu sucessor, Donald Trump, ordenou por sua vez que a NASA retorne à Lua antes de 2024, sob o programa Artemisa e que prepare missões à Marte.

paj/cds/dax/me/mb\aa

ENDEAVOUR INTERNATIONAL

ISS A/S

DISCOVERY COMMUNICATIONS