PUBLICIDADE
Topo

Renato de Castro

Com a pandemia, cidades pensam em como atrair turistas na quantidade certa

Renato de Castro
Imagem: Renato de Castro
Renato de Castro

Renato de Castro é expert em Cidades Inteligentes. É embaixador de Smart Cities do TM Fórum de Londres, membro do conselho consultivo global da Leading Cities de Boston e Volunteer Senior Adviser da ITU, International Telecommunications Union das Nações Unidas. Acumulou mais de duas décadas de experiência atuando como executivo global. Renato já esteve em mais de 30 países, dando palestras sobre cidades inteligentes e colaborando com projetos urbanos. Atualmente, reside em Barcelona onde atua como CEO de uma spinoff de tecnologia para Smart Cities.

26/10/2020 04h00

Com a situação originada pela pandemia de covid-19, não foram apenas os eventos que tiveram de se adaptar. A queda abrupta de turistas e visitantes provocou o caos em destinos e cidades que, durante décadas, desenvolveram suas estratégias baseadas no turismo como principal motor econômico.

Era, de resto, um dos grandes problemas e desafios antes da pandemia que, mal ou bem, trouxe à tona a verdadeira essência do que pode ser o turismo inteligente baseado em estratégia de valorização dos recursos naturais, culturais e patrimoniais.

"Antes da pandemia, tinha muito turismo e era insustentável. Agora temos pouco e também é insustentável", disse Vitor Pereira, idealizador e CEO do Smart Travel na nossa conversa [veja o vídeo abaixo].

Já havíamos conversado no passado sobre um novo conceito chamado Economia km 4.Zero, lembra? Parece que o foco na valorização dos recursos locais, o que chamamos de localização, realmente está se fortalecendo pelo mundo.

Pereira cita o exemplo das pequenas cidades turísticas portuguesas. Como atrair turistas para esses locais de uma forma sustentável?

Então atravessamos o oceano e desembarcamos em Portugal para conversar sobre os desafios atuais do setor e a importância do desenvolvimento de novas estratégias inteligentes para mitigar os impactos da pandemia.

Pereira aproveitou para convidar cidades brasileiras a participarem ativamente do evento Smart Travel, que acontecerá em Bragança (100% digital) em dezembro de 2020.

Este é o único evento global que conecta cidades inteligentes e turismo inteligente.

Este ano, como de costume, conta com a presença de alguns dos mais influentes especialistas internacionais, entre os quais os pesos-pesados Carlos Moreno (mentor da "Cidade de 15 Minutos"), Jonathan Reichental (livro "Smart Cities for Dummies"), Piero Pelizzaro (Smart City Milan), Martin Barry (Manifesto Market) e também Laila Al-Hadhrami, Federico De Arteaga Vidiella, Inga Hlin Palsdottir, Eliana Bejanaro, Sasha Qian, e muitos outros. Imperdível!