PUBLICIDADE
Topo

Quebrada Tech

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Grupo leva totem digital aos bairros de SP para exibir notícias da quebrada

Totens digitais impulsionam distribuição de notícias nas periferias de São Paulo - Patrícia Santos
Totens digitais impulsionam distribuição de notícias nas periferias de São Paulo Imagem: Patrícia Santos
Conteúdo exclusivo para assinantes
Quebrada Tech

O Desenrola E Não Me Enrola é um coletivo de produção jornalística que atua a partir das periferias de São Paulo, investigando fatos invisíveis que geram grandes impactos sociais na vida dos moradores e moradoras dos territórios periféricos.

Evelyn Vilhena

25/08/2021 04h00

A forma como as notícias produzidas por grupos de comunicação das periferias de São Paulo são distribuídas está em transformação. Agora, os conteúdos também serão acessados em pontos de grande circulação, conectando leitores online e offline por meio de totens digitais.

A iniciativa é da Território da Notícia, solução tecnológica que nasceu da parceria entre os grupos de comunicação Alma Preta Jornalismo, Desenrola e Não me Enrola, Embarque no Direito e Periferia em Movimento. Essas iniciativas de comunicação lideradas por profissionais pretos e periféricos visam ampliar a diversidade do noticiário sobre as periferias e favelas.

A Território da Notícia vai alimentar uma base de dados com a ajuda de um robô para distribuir notícias dos parceiros editoriais de maneira automatizada nas telas instaladas nos comércios das periferias e favelas de São Paulo.

A TN foi um dos projetos selecionados pelo Desafio de Inovação Google News Initiative na América Latina em 2019.

"A TN nasce para atravessar os caminhos de quem vive nas periferias. Não é possível ignorar a falsa democratização da internet e da informação. A desigualdade é estrutural e se renova sempre. A distribuição desigual de infraestrutura, as limitações de renda e um certo analfabetismo digital existem. O TN, então, tenta contornar isso para promover o direito à comunicação, ou seja, para romper com a concentração da mídia", diz a jornalista Gisele Brito, umas das responsáveis pela gestão editorial do projeto.

Os totens digitais estão sendo instalados em pontos estratégicos nas regiões leste, oeste, norte e sul da capital paulista.

Além da distribuição de notícias, a TN adotou um modelo de negócio sustentável para as organizações de jornalismo, com um plano de monetização de conteúdo.

Ronaldo Matos, responsável pela gestão comercial, explica a importância da estratégia de veiculação de anúncios e de campanhas nas telas para o público e grupos empresariais locais.

"A Território da Notícia vai inovar e oferecer uma solução inédita no Brasil, que é você ofertar a possibilidade de ter um anúncio em um território periférico dentro de um estabelecimento comercial, onde o anunciante vai entrar em contato com uma audiência estratégica para o negócio dele, seja um produto, um serviço ou uma política pública", diz.